07h00 - quinta, 12/10/2017

População de Odemira
vota novos investimentos

População de Odemira vota novos investimentos

Parques de merendas, balneários públicos, jardins, espaços multiusos e requalificação de imóveis públicos são algumas das 13 propostas finalistas do "Orçamento Participativo" (OP) de Odemira em 2017. A fase de votação já arrancou e vai prolongar-se até ao final do próximo mês de Novembro, permitindo aos odemirenses a população de votarem nos projectos que querem ver incluídos no orçamento municipal do próximo ano, num montante total de 500 mil euros.
"O OP de Odemira tem por objectivo potenciar o exercício da cidadania participada, activa e responsável, com vista à melhoria da qualidade de vida no concelho", sublinha ao "SW" fonte oficial da Câmara de Odemira, que promove o projecto desde 2011.
A criação de um parque de merendas e de um parque de caravanismo em Santa Clara-a-Velha, a construção de balneários públicos em Fornalhas Velhas e de novos balneários no Clube Fluvial Odemirense, a abertura de um jardim público no loteamento municipal de São Luís, o avanço da segunda fase do Espaço Multiusos do Almograve e o melhoramento do Campo da Boa Esperança, em Boavista dos Pinheiros, são sete das propostas em votação.
São ainda finalistas as propostas de requalificação da Escola Primária do Malavado e construção de um campo de jogos na Escola Primária de São Miguel, a recuperação da Casa do Povo de Sabóia, a reabilitação do espaço exterior da EB1 de Odemira (com a criação de um novo equipamento de biblioteca), a beneficiação do pavilhão de festas e colocação de painéis solares no edifício da Junta de Freguesia de Sabóia, e a dinamização dos projectos "Mais Acção, Melhor Educação" (Odemira) e "Amar os Outros" (transversal ao concelho).
Com uma dotação total de 500 mil euros, o OP 2017 destina 250 mil euros a projectos nas freguesias do litoral ou com população superior a 1.500 habitantes e os outros 250 mil euros para freguesias com população inferior a 1.500 habitantes.
Podem votar todos os cidadãos com idades a partir dos 16 anos, residentes, trabalhadores ou estudantes no concelho. A votação pode ser exercida através de duas formas: online (em www.op.cm-odemira.pt) ou presencial no Balcão Único da Câmara Municipal, na mesa de voto itinerante que vai passar pelas freguesias e pelas escolas do ensino secundário e profissional do concelho.


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - segunda, 22/10/2018
Arranca segunda
fase das obras
no bairro das Flores
A Câmara de Santiago do Cacém inicia nesta segunda-feira, 22 de Outubro, a segunda fase das obras de requalificação do bairro das Flores, em Vila Nova de Santo André, que devem prolongar-se por três meses.
07h00 - sábado, 20/10/2018
Prémio do Conto
entregue em Santiago
A Biblioteca Municipal Manuel da Fonseca, em Santiago do Cacém, recebe neste sábado, 20 de Outubro, pelas 16h00, a cerimónia de entrega do XII Prémio Nacional de Conto "Manuel da Fonseca".
07h00 - terça, 16/10/2018
Santiago contra
dejectos animais
A Câmara de Santiago do Cacém e as oito juntas de freguesia do concelho estão a indamizar uma campanha de sensibilização destinada aos detentores de animais visando a higiene dos espaços públicos.
07h00 - domingo, 07/10/2018
"Ultimate Obstacle
Challenge" em Santiago
A associação Os Chaparros BTT Team promove neste domingo, 7, a "Ultimate Obstacle Challenge", que vai decorrer em Santiago do Cacém e desafiar os participantes a oito quilómetros com 25 obstáculos para "os mais duros".
07h00 - quinta, 04/10/2018
Faltam 21 enfermeiros
nas Urgências do HLA
A Ordem dos Enfermeiros escreveu ao ministro da Saúde a denunciar a "grave carência" de enfermeiros no Serviço de Urgência do Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém, onde há 21 profissionais em falta.

Data: 19/10/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial