09h00 - sábado, 02/12/2017

Renascente quer
fazer época tranquila

Renascente quer fazer época tranquila

Jorge Grosskopf, de 31 anos, é o treinador do Renascente de São Teotónio em 2017-2018 e em entrevista ao "SW" garante ser uma oportunidade de "ajudar" o clube da sua terra a fazer uma époica tranquila. "O nosso objectivo é fazer melhor que no ano passado. A equipa tem qualidade, trabalha bem e acredito que vamos conseguir", diz.

Como surgiu a possibilidade de treinar o Renascente de São Teotónio?
O treinador que orientou a equipa nas últimas épocas [Luís Miguel] teve que sair por razões profissionais, foi-me feito o convite e aceitei. É o clube da minha terra e é uma oportunidade de ajudar o clube.
 
Que balanço faz do trabalho realizado no Renascente até ao momento? Está satisfeito?
Estou satisfeito com o que temos feito nos jogos, lamentando apenas que os resultados não reflictam aquilo que temos produzido nos jogos. Mas temos trabalhado bem, os jogadores têm tido uma grande entrega e acredito que vamos conseguir atingir os objectivos traçados no início da temporada.
 
E qual é o objectivo no campeonato? Fazer melhor que sétimo lugar do ano passado?
Sim, o nosso objectivo é fazer melhor que no ano passado. A equipa tem qualidade, trabalha bem e acredito que vamos conseguir.
 
O plantel é suficiente para conseguir esses objetivos ou pensa que era importante mais alguns reforços? 
O nosso plantel tem qualidade e quantidade para conseguirmos atingir os nossos objectivos. Acredito no valor deles e estou satisfeito com o que temos produzido.
 
As condições de trabalho são boas ou pensa que o clube devia de melhorar nalguma coisa?
As condições gerais são boas. Temos um campo sintético bom e apenas precisávamos de uma melhoria na iluminação, já que os treinos decorrem sempre à noite.
 
É novo neste campeonato, mas por aquilo que conhece que ideia é que tem da qualidade das equipas do distrito de Beja?
É um campeonato muito competitivo. Uma prova que conta todos os anos com várias equipas a lutar pelo primeiro lugar até às últimas jornadas.  As equipas têm qualidade, trabalham bem e os clubes já têm boas condições.
 
Como treinador qual é o seu objectivo? Chegar ao futebol profissional?
Esse não é um objectivo pessoal. Quero sim fazer o meu melhor no clube em que me encontro e trabalhar cada vez melhor para ajudar o clube da minha terra a crescer.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
00h00 - sexta, 15/12/2017
Câmara de Santiago
aprova voto de pesar
A Câmara de Santiago do Cacém aprovou nesta quinta-feira,14, um voto de pesar pelo falecimento de José Raposo Nobre, que foi o primeiro presidente do Município após o 25 de Abril.
07h00 - quarta, 13/12/2017
Santiago combate
insucesso escolar
"Insucesso Zero | Igualdade na Educação" é o nome do projecto da Câmara de Santiago do Cacém para promover o sucesso escolar, numa iniciativa que já garantiu apoio comunitário através do Alentejo 2020.
00h00 - quinta, 07/12/2017
Presépio tradicional
em Santiago do Cacém
O Centro UNESCO de Arquitectura e Arte (UCART), que tem sede no Alentejo, inaugura nesta quinta-feira, 7, no quartel velho dos Bombeiros de Santiago do Cacém, um presépio tradicional português.
07h00 - quarta, 06/12/2017
CDS-PP questiona
Governo sobre ULSLA
Os deputados do CDS-PP Nuno Magalhães, Patrícia Fonseca e João Rebelo questionaram o Governo sobre o alegado sub-financiamento da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA).
09h00 - domingo, 03/12/2017
Concerto solidário
em Santiago do Cacém
O Auditório Municipal António Chaínho, em Santiago do Cacém, recebe neste domingo, 3 de Dezembro, um concerto solidário da Escola da Guitarra Portuguesa Mestre António Chainho.

Data: 15/12/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial