07h00 - terça, 05/12/2017

Junta de Luzianes vai
trabalhar para as pessoas

Junta de Luzianes vai trabalhar para as pessoas

Trabalhar para o "bem estar da população" é grande aposta da Junta de Freguesia de Luzianes-Gare no mandato 2017- 2021, garante ao "SW" a reeleita presidente Teresa Bernardino.
As principais prioridades para este mandato passam pela "requalificação da rua da Estação, a construção do jardim público no bairro municipal – com parque de merendas, aparelhos de ginástica e parque infantil, que foi obra vencedora do 'Orçamento Participativo' de 2016 – e a continuação da conservação dos caminhos rurais da freguesia", revela a autarca da CDU.
Teresa Bernardino pretende ainda "pressionar" o Município de Odemira "para que reforce a sua acção junto das Infra-estruturas de Portugal, visando a requalificação da EN 123 e a reparação total da EN 266, que serve esta grande zona interior do maior concelho do país".
A autarca, que está a iniciar o segundo mandato, pretende trabalhar em conjunto com o Município de Odemira para "que se consiga a electrificação de zonas rurais que ainda estejam habitadas", assim como "para a construção do polidesportivo há tanto tempo prometido e para a realização de melhoramentos na zona exterior das escolas, incluindo o parque infantil". "Neste momento é a nossa alegria ver as duas salas abertas, do primeiro ciclo e jardim-de-infância".
Outra prioridade é a "colocação de sinalização na aldeia e bairro municipal, incluindo lombas e passadeira, sistema de rega automática nos jardins e a aquisição e colocação de aparelhos de ginástica".
De acordo com Teresa Bernardino, a principal necessidade sentida pela população da freguesia, neste momento, é a "falta de água". A Junta de Freguesia já está a dar apoio, "levando água no Joper àqueles que já necessitam".
Ao nível da Saúde, a freguesia recebe a visita de um médico todas as quintas-feiras e de uma equipa de análises clínicas quinzenalmente, também às quintas-feiras. No que se refere ao emprego, a maior parte dos jovens têm de ir para o Algarve fazer a temporada de Verão e regressando no Inverno. Os que ficam trabalham na agricultura, florestas e extração de cortiça. Já a população idosa da freguesia conta com apoio domiciliário, através da Associação Humanitária D. Ana Pacheco.  
 Teresa Bernardino considera que a Junta tem meios suficientes para "realizar todos os trabalhos que lhe estão atribuídos" e que existe por parte da equipa CDU "a vontade de trabalhar em conjunto nas obras que são da competência do Município de Odemira".
Em Luzianes-Gare a CDU alcançou uma vitória expressiva, com 70,37% dos votos, conseguindo eleger seis dos sete eleitos na Assembleia de Freguesia. "Fiquei surpresa com o resultado, a diferença foi bastante significativa. A população não se esqueceu de quem está e sempre esteve próximo deles, é sinal que confiam no trabalho dos eleitos da CDU", conclui Teresa Bernardino.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
00h00 - sábado, 16/12/2017
Projecto de integração
termina em S. Teotónio
O projecto "A ciência de um baile de mastro" chega ao fim neste sábado, 16 de Dezembro, sendo que a sessão de encerramento vai decorrer a partir das três da tarde na Sociedade Recreativa S.
00h00 - sábado, 16/12/2017
Hardwell e Marshmello
no Festival Sudoeste 2018
Os DJ´s Hardwell e Marshmello são os primeiros dois nomes confirmados no cartaz do Festival Meo Sudoeste 2018, que vai decorrer entre 7 e 11 de Agosto na Herdade da Casa Branca, na Zambujeira do Mar.
00h00 - sexta, 15/12/2017
Santaclarense só sabe
ganhar na 2ª divisão
A equipa do Santaclarense está a ter um arranque impressionante na época 2017-2018, com 11 vitórias em outras tantas partidas na 2ª divisão distrital da Associação de Futebol de Beja.
00h00 - sexta, 15/12/2017
Autarcas do Alentejo Litoral
eleitos para os órgãos da ANMP
Quatro dos cinco autarcas do Alentejo Litoral foram eleitos no passado dia 9 de Dezembro para os novos órgãos directivos da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP).
00h00 - sexta, 15/12/2017
Câmara de Odemira define metas para 2018
Mais descentralização e delegação de competências para as juntas de freguesia, aposta na Educação e concretização de investimentos nas áreas do abastecimento e saneamento, das acessibilidades e da requalificação urbana: assim se pode descrever o orçamento da Câmara de Odemira para o próximo ano de 2018.

Data: 15/12/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial