07h00 - quarta, 10/01/2018

Junta de S. Salvador
e Santa Maria trabalha
para as pessoas

Junta de S. Salvador e Santa Maria trabalha para as pessoas

As principais prioridades do presidente da Junta de Freguesia de São Salvador e Santa Maria, que abrange entre outras localidades a vila de Odemira, para o mandato 2017-2021 são "continuar a trabalhar para o bem-estar da população".
Nesse sentido, o presidente Mário Santa Bárbara, eleito pela CDU, defende uma aposta na valorização do rio Mira. "Pretendemos que o rio seja visto e valorizado como a nossa maior riqueza e o que nos distingue das demais localidades, que o Plano de Pormenor das Portas de Transval seja concluído e que os alcatroamentos e repavimentações em toda a freguesia sejam executados, tendo o arranjo da rua principal da Bemposta como obra prioritária", anuncia.
A construção dos sanitários na zona ribeirinha, a criação dos espaços verdes em Algoceira, a colocação de WC's caninos em toda a área da freguesia, o fomento da criação de uma área de serviço para auto-caravanas e a colocação da toponímia em toda a freguesia" são outras das prioridades, reforça o autarca comunista.
Os maiores problemas sentidos na freguesia passam, na opinião de Santa Bárbara, pela mobilidade. "Sentimos uma enorme lacuna a nível de transportes públicos. É um problema para população deslocar-se para fora de Odemira, nomeadamente para o Hospital do Litoral Alentejano", argumenta. Esta lacuna também atinge a população universitária, porque "não existem transportes aos fins-de-semana e as ligações por comboio são muito deficitárias".
Ao nível de Saúde, Mário Santa Bárbara considera que a freguesia está bem servida já que fica na sede do concelho. "Temos no nosso território o Centro de Saúde e o SUB de Odemira, o que de alguma forma nos garante um acesso mais rápido aos serviços básicos de saúde, mesmo sabendo nós que alguns dos nossos fregueses não tenham médico de família atribuído, tenham por vezes dificuldade no atendimento e exista alguma morosidade entre consultas ou no receituário".
A população encontra emprego principalmente no sector terciário, "nos serviços da administração pública e outros, no pequeno comércio e nas grandes empresas de exploração agrícola existentes nas freguesias vizinhas", revela.
Já a população idosa conta com o apoio da Junta "no transporte para as actividades em que participam, no apoio à sua mobilidade para aquisição de bens de primeira necessidade ou na participação da semana de 'Praia Sénior' ou no 'Almoço de Natal'". "A nossa população é maioritariamente idosa e é para quem cá vive que a freguesia tem de trabalhar", destaca o autarca.
De acordo com Mário Santa Bárbara a Junta de Freguesia debate-se com a falta de meios humanos. "Temos oito trabalhadores e sete viaturas. É óbvio que a escassez de mão-de-obra e de recursos é gritante", observa.
O autarca considera ainda ser "urgente uma nova Lei das Finanças Locais, que não passe competências sem os meios adequados", nem permita desigualdades na transferência de verbas. "É interessante que uma freguesia que foi criada com a alegação que assim criava escala e dessa forma teria mais recursos recebe do Município menos do que recebia a freguesia extinta de São Salvador. Isto diz tudo. O muito que se faz em prol da população deve-se essencialmente ao excelente dos trabalhadores desta Junta", argumenta.
Em São Salvador e Santa Maria a CDU alcançou nas Autárquicas 2017 uma vitória com 56,58% dos votos, conseguindo eleger seis dos nove eleitos na Assembleia de Freguesia. "O resultado eleitoral da freguesia, prova que fizemos o nosso trabalho, que chegámos às pessoas e que elas sabem que podem contar connosco", conclui Mário Santa Bárbara.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - domingo, 22/04/2018
"Flores à Mesa" no
concelho de Grândola
Pratos com flores comestíveis fazem parte da ementa de 14 restaurantes do concelho de Grândola até ao dia 1 de Maio, no âmbito da mostra gastronómica "Em Abril Flores Mil", promovida pela autarquia local.
07h00 - terça, 17/04/2018
Simulacro de incêndio
florestal em Tróia
A resposta a um eventual incêndio florestal vai ser testada esta terça-feira, 17 de Abril, pelas 10h30, nas ruínas romanas de Tróia, numa iniciativa que junta os esforços de diversas entidades.
00h00 - segunda, 16/04/2018
Câmara de Grândola
reduz endividamento
A dívida da Câmara de Grândola cifra-se actualmente nos 8,8 milhões de euros, uma redução de 40% face a 2013, revela o Relatório e Contas de 2017 aprovada na passada semana pela autarquia.
07h00 - quinta, 12/04/2018
Conferência na
vila de Grândola
O cine-teatro Grandolense, na "vila morena", recebe nesta quinta-feira, 12, às 14h00, a conferência "Inovação e Desenvolvimento", promovida pela Plataforma Supra-concelhia Alentejo Litoral, que integra autarquias e IPSS.
07h00 - quinta, 05/04/2018
Acesso a cuidados de
saúde preocupa CIMAL
A Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral (CIMAL) está preocupada com as condições de acesso aos cuidados de saúde no Alentejo Litoral, onde afirmam haver falta de investimento no sector.

Data: 13/04/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial