08h00 - quinta, 15/02/2018

Sines combate consumo
de açúcar entre crianças

Sines combate consumo de açúcar entre crianças

O Centro de Saúde de Sines quer reduzir o consumo de açúcar entre os mais novos e promover hábitos alimentares saudáveis, estando a realizar um projecto que abrange mais de 300 crianças em quatro infantários do concelho. O projecto-piloto "100 Açúcar" pretende promover hábitos alimentares mais saudáveis nas crianças até aos três anos através dos infantários, onde passam grande parte do dia.
"Iogurte com bolacha, iogurte aromatizado, papa com adição de açúcar, lanches sem fruta, douradinhos e salsichas e 'coisas' processadas não devem estar em ementas infantis", exemplifica a coordenadora do projecto, Cátia Moura, enfermeira no Centro de Saúde de Sines, onde acompanha a área de Saúde Infantil.
Lembrando que o surgimento de doenças "associadas ao estilo de vida" está a "aumentar" e que "há crianças com diabetes cada vez mais cedo", Cátia Moura considera importante envolver as escolas na promoção de hábitos alimentares saudáveis.
"As escolas têm que ser exemplo e têm que ter ementas e práticas que se rejam por aquilo que é conhecimento e é evidência científica que o açúcar refinado não deve fazer parte da alimentação diária de uma criança dos zero aos três anos, tal como o sal", defende.
Através do projecto "100 Açúcar", profissionais do Centro de Saúde de Sines, em colaboração com a Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA) e a Unidade de Saúde Pública, vão analisar e ajudar a preparar ementas mais saudáveis, mas também vão promover acções de formação para funcionários, educadores e pais.
As instituições de educação que aderem ao projecto assinam uma "carta de compromisso", em que concordam aplicar "dez mandamentos" sobre a "adopção de um estilo de vida saudável", explica Cátia Moura.
No final de cada ano, é feita uma avaliação de cada estabelecimento aderente e, no caso de ter cumprido o estipulado no projecto, é atribuído "um selo" de certificação. "Não oferecer alimentos com adição de açúcar", "proibir a entrada de doces e refrigerantes na escola" e "cumprir e respeitar a roda dos alimentos" são alguns dos "mandamentos" com que se comprometem os infantários aderentes.
O "100 Açúcar" é um projecto-piloto que vai, para já, ser aplicado nas instituições com creche "O Capuchinho Vermelho", "A Conchinha" e "O Pintainho" e no Colégio Estrela do Mar, em Sines, abrangendo cerca de 320 crianças.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - segunda, 25/06/2018
Dívidas à CM Sines
cobradas pela AT
A cobrança de dívidas à Câmara Municipal de Sines vai passar a ser feita pela Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), na sequência de um protocolo de cooperação assinado entre ambas as partes.
07h00 - terça, 19/06/2018
Sines: Exposição sobre
comissões de moradores
A central rermoeléctrica de Sines tem patente a exposição "Comissões de Moradores do Concelho de Sines: da tradição à modernidade", um projecto da Câmara de Sines no âmbito programa "Tradições", da EDP.
07h00 - segunda, 18/06/2018
Nova central eólica
avança em Sines
O concelho de Sines vai ter uma nova central eólica com uma potência de 60 megawatts, investimento avaliado em 95 milhões de euros que já recebeu "luz verde" por parte do secretário de Estado da Energia, Jorge Seguro Sanches.
00h00 - sábado, 16/06/2018
"Terras Sem Sombra"
no concelho de Sines
A edição de 2018 do festival "Terras Sem Sombra" chega neste fim-de-semana, dias 16 e 17 de Junho, ao concelho de Sines, numa organização da associação Pedra Angular, em parceria com diversos municípios do Alentejo.
07h00 - sexta, 15/06/2018
Sines recebe
Feira do Mar
A "economia do mar" vai voltar a estar em destaque na cidade de Sines, que neste fim-de-semana, dias 15 a 17 de Junho, recebe a terceira edição da Feira do Mar, certame promovido pelo Sines Tecnopólo e pela autarquia local.

Data: 22/06/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial