07h00 - terça, 03/04/2018

Documentário gravado
com gémeas de Grândola

Documentário gravado com gémeas de Grândola

As gémeas Maria Alzira e Maria Margarida, naturais de Grândola, vão participar no documentário "Amor Fati", da realizadora Cláudia Varejão, que está a ser filmado em diversas localidades do país.
De acordo com a Câmara de Grândola, "Amor Fati" está estruturado em 12 retratos, cada um "composto por duas ou mais personagens que, fisicamente, se assemelham".
É neste enquadramento que entra as irmãs grandolenses Maria Alzira e Maria Margarida, cujo quotidiano vai ser filmado entre esta terça e quinta-feira, dias 3 a 5 de Abril.
As filmagens, que contam com o apoio do Município de Grândola e do Hotel D.Jorge de Lencastre, vão decorrer no local de trabalho, na residência, no comércio de Grândola e na loja das duas irmãs.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - terça, 17/04/2018
Simulacro de incêndio
florestal em Tróia
A resposta a um eventual incêndio florestal vai ser testada esta terça-feira, 17 de Abril, pelas 10h30, nas ruínas romanas de Tróia, numa iniciativa que junta os esforços de diversas entidades.
00h00 - segunda, 16/04/2018
Câmara de Grândola
reduz endividamento
A dívida da Câmara de Grândola cifra-se actualmente nos 8,8 milhões de euros, uma redução de 40% face a 2013, revela o Relatório e Contas de 2017 aprovada na passada semana pela autarquia.
07h00 - quinta, 12/04/2018
Conferência na
vila de Grândola
O cine-teatro Grandolense, na "vila morena", recebe nesta quinta-feira, 12, às 14h00, a conferência "Inovação e Desenvolvimento", promovida pela Plataforma Supra-concelhia Alentejo Litoral, que integra autarquias e IPSS.
07h00 - quinta, 05/04/2018
Acesso a cuidados de
saúde preocupa CIMAL
A Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral (CIMAL) está preocupada com as condições de acesso aos cuidados de saúde no Alentejo Litoral, onde afirmam haver falta de investimento no sector.
00h00 - segunda, 02/04/2018
Saúde preocupa autarcas
do Litoral Alentejano
A Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral (CIMAL) está preocupada com o que apelida de "desumanização dos serviços de saúde" prestados às populações da região, nomeadamente no Hospital do Litoral Alentejano (HLA), em Santiago do Cacém.

Data: 13/04/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial