00h00 - sexta, 11/05/2018

População de São Luís exige obras na EN 120

População de São Luís exige obras na EN 120

A população de São Luís, no concelho de Odemira, "espera e desespera" por obras na Estrada Nacional (EN) 120, que liga a freguesia de São Luís a Odemira, sede de concelho. A via é muito utilizada pelas populações de Cercal do Alentejo, São Luís e Odemira, que exigem uma solução rápida para os estragos, que se estendem por 20 quilómetros e que constituem um risco para utentes e viaturas.
O presidente da Junta de Freguesia de São Luís explica que a situação se arrasta há vários anos. "Nos últimos anos temos assistido a uma degradação do troço entre São Luís e Odemira, que não tem qualquer manutenção, o que é uma falta de respeito por quem aqui vive, trabalha e por quem nos visita", diz Fernando Parreira.
"Tanto a população individualmente como as autarquias têm alertado a Infra-estruturas de Portugal para esta situação, mas não temos tido qualquer resposta. É o abandono total desta via por parte de quem tem a obrigação de proceder à sua reparação", acrescenta o autarca eleito pelo PS.
Núria Oliveira, que utiliza a estrada todos os dias, diz que o troço " está cada vez pior". "É um perigo constante: desviamo-nos de um buraco e caímos logo noutro", observa.
António Silva, que também é utilizador da EN120, acrescenta que já sofreu dois furos em pneus e que foi obrigado a mudar os amortecedores da viatura devido ao piso. "É inadmissível, porque pagamos impostos e ninguém faz nada para a resolver, isto piora de dia para dia", sublinha.
A Estrada Nacional 120 liga as cidades de Alcácer do Sal, no distrito de Setúbal, a Lagos, no Algarve, num percurso superior a 170 quilómetros, atravessando vários concelhos do Sudoeste Alentejano.
Tanto a Junta de Freguesia de São Luís como a Câmara Municipal de Odemira têm alertado a Infra-estruturas de Portugal para esta situação, mas não têm recebido qualquer resposta.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quinta, 17/01/2019
REN entrega prémio
"AGIR 2018"
na Carrasqueira
A empresa Redes Eléctricas Nacionais (REN) promove nesta quinta-feira, 17 de Janeiro, a cerimónia de entrega do prémio "AGIR 2018", que decorrerá a partir das 17h00 na sede da Associação da Comunidade Piscatória da Carrasqueira, na Comporta (Grândola).
07h00 - quarta, 16/01/2019
Ossadas humanas
descobertas em Tróia
Uma equipa de arqueólogos descobriu na última segunda-feira, 14 de janeiro, ossadas humanas na crista do areal da Ponta do Verde, nas imediações da Caldeira de Tróia (Grândola), onde está a realizar trabalho de campo.
07h00 - quinta, 10/01/2019
Grândola premeia
empreendedorismo
A Câmara de Grândola vai distinguir, pelo quarto ano consecutivo, os jovens que apresentem propostas de ideias empreendedoras e criativas ou iniciativas empresariais constituídas há menos de três anos e concretizadas no concelho.
07h00 - sexta, 04/01/2019
Novas redes de água no
concelho de Grândola
A Câmara Municipal de Grândola já concluiu as empreitadas de construção/ ampliação das redes de águas residuais domésticas na zona da Azinhaga das Milharadas e na aldeia do Brejinho de Água.
07h00 - quinta, 27/12/2018
Turismo cresce no
concelho de Grândola
A actividade turística no concelho de Gândola continua a crescer, sendo que os dados recentemente publicados pelo INE referentes a 2017 indicam que perto de 130 mil pessoas elegeram o concelho para pernoitarem.

Data: 04/01/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial