07h00 - terça, 22/05/2018

Pequenos "chefs" no
concelho de Odemira

Pequenos "chefs" no concelho de Odemira

Quem tem filhos e netos cedo se acostuma a lidar com a "falta de apetite" dos mais novos para frutas, legumes e sopa. Contrariar essa vontade nem sempre é tarefa fácil, mas os pais e avós do concelho de Odemira contam agora com um novo "aliado": o projecto "Em Odemira o chef sou eu", que pretende aumentar o consumo de sopa, saladas, legumes e frutas entre as cerca de 1.200 crianças que frequentam o ensino pré-escolar e o primeiro ciclo do ensino básico no concelho.
"É um projecto que vai contribuir para a prática de uma alimentação mais saudável e para a mudança da relação que muitas crianças têm com os vegetais. A ideia é desconstruir os preconceitos que as crianças têm relativamente ao sabor dos vegetais e levá-las a praticar uma alimentação mais saudável", explica ao "SW" Rita Balbino, presidente da TIC TAC – Associação para a Promoção dos Tempos Livres das Crianças e dos Jovens, que dinamiza este projecto de Educação para a Saúde.
O projecto "Em Odemira o chef sou eu" é financiado pela Missão Continente (depois de ter sido um dos 23 finalistas entre mais de 300 candidatos) e conta com o apoio, entre outras entidades, da Câmara de Odemira. A trabalhar nele estão o realizador Diogo Vilhena, natural do concelho de Odemira, e o cozinheiro Nuno Queiroz Ribeiro, especialista em Alimentação Saudável e o primeiro chef português a ser convidado para um simpósio da Organização Mundial da Saúde para promover a Dieta Mediterrânica.
Na prática, a ideia consiste na criação de um canal na plataforma Youtube, onde serão exibidos 24 episódios do programa com o mesmo nome. As filmagens arrancam no final de Maio e em cada episódio três alunos de quarto ano das várias turmas de primeiro ciclo do concelho de Odemira, acompanhados por um convidado especial, irão executar uma receita de sopa, de legumes, de saladas ou de sobremesas com fruta sob orientação de Nuno Queiroz Ribeiro. No final, os "pequenos chefs" irão degustar o prato que prepararam, enquanto conversam com o convidado acerca do valor nutricional dos legumes e frutas usados e sobre as regras a cumprir numa alimentação saudável.
"Vamos ter como locais de filmagem as paisagens mais bonitas das várias freguesias do concelho de Odemira, como Nossa Senhora das Neves, o espelho de água de Santa Clara, o Cabo Sardão, o Pego das Pias, o rio Mira ou a praia do Malhão, e promover produtos locais como a batata-doce, o medronho e os frutos vermelhos. Será, com certeza, mais um veículo de difusão dos valores do nosso concelho", frisa Rita Balbino, indicando que os episódios serão exibidos entre Junho e Dezembro.
A presidente da TIC TAC justifica a aposta em conteúdos audiovisuais por ser "uma das formas que as crianças consideram mais apelativa como canal de comunicação". "Através deste canal podemos chegar a casa das crianças/ famílias de todo o concelho de Odemira, a todo o território nacional e até a toda a comunidade portuguesa espalhada pelo mundo", sublinha, adiantando que os filmes irão igualmente chegar às escolas do concelho. "Pretendemos também apresentar o projecto nos canais de televisão e em congressos e fóruns de discussão sobre alimentação saudável e educação para a saúde", acrescenta.
Paralelamente será editado um livro com as 24 receitas usadas nos programas, obra que será distribuída por todas as crianças do pré-escolar e primeiro ciclo do Ensino Básico do concelho de Odemira.


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sexta, 18/01/2019
Autarca de Odemira esperava mais
da transferência de competências
O presidente da Câmara de Odemira elogia a transferência de competências do Estado para os municípios, mas não deixa de criticar a forma como o processo foi concebido, admitindo mesmo que o actual figurino lhe "sabe a pouco".
07h00 - sexta, 18/01/2019
CM Odemira vai aceitar novas competências
Praias, jogos de fortuna ou azar, justiça, associações de bombeiros, habitação, estruturas de atendimento aos cidadãos, vias de comunicação, património imobiliário público sem utilização e estacionamento público: estas matérias vão passar para a responsabilidade da Câmara de Odemira, que vai aceitar a transferência de competências proposta pelo Governo para estas nove áreas.
07h00 - sexta, 18/01/2019
Alojamento Local em debate em Odemira
O alojamento local vai estar em debate nesta sexta-feira, 18, a partir das 14h30, no auditório da Biblioteca Municipal de Odemira, numa sessão promovida pela autarquia local.
07h00 - sexta, 18/01/2019
Alojamento Local cresce
no concelho de Odemira
A actividade turística é cada vez mais preponderante na economia local do concelho de Odemira e isso não se reflecte apenas no aumento de visitantes no território, mas também o número de unidades de alojamento tem crescido no concelho, com destaque para o Alojamento Local, que em cinco anos passou de cerca de 60 unidades para as actuais 520.
07h00 - sexta, 18/01/2019
Música e teatro pelo
projecto "GiraMundo"
O projecto "Giramundo", dinamizado pela TAIPA, apresenta nas próximas duas sextas-feiras dois espectáculos, um de música e outro de teatro.

Data: 18/01/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial