07h00 - sexta, 25/05/2018

Odemira requalifica estradas

Odemira requalifica estradas

A Câmara de Odemira tem a decorrer várias obras de beneficiação da sua rede viária municipal, num investimento avaliado em quase 594 mil euros e que não conta com qualquer financiamento comunitário. Segundo o presidente da Câmara Municipal, José Alberto Guerreiro, as empreitadas têm lugar "em zonas rurais" e em "acessos muito utilizados pela população local", estando a ser beneficiados quatro caminhos e estradas municipais.
É o caso do Caminho Municipal (CM) 1162-2 entre Luzianes-Gare e Corte Brique (obra avaliada em 148.700 euros), no CM 1187 entre Corte Sevilha e Carapetos (147.781,95 euros), na Estrada Municipal (EM) 552 entre Portela da Fonte Santa e Viradouro (149.903,75 euros) e na EM 532-3 entre Monte da Estrada e Relíquias (147.206,95 euros).
"Parte da rede viária [municipal] tem mais de 30 anos e não foi na altura preparada para as tonelagens que hoje se fazem. Era normal que assim fosse, até porque era imprevisível que hoje circulassem viaturas com 80 toneladas de madeira ou outros materiais. E a intensificação da actividade agrícola obriga à circulação de máquinas com larguras superiores aos veículos normais e com rodados bastantes mais exigentes, o que também desgasta o pavimento e provoca problemas nas bermas", argumenta José Alberto Guerreiro, lamentando que os fundos comunitários já não contemplem este tipo de intervenções.
O autarca odemirense acrescenta ainda que a somar a estas empreitadas "estão em preparação quase mais 1,5 milhões de euros noutros investimentos nesta área", que deverão ser lançados a concurso pela Câmara Municipal ainda este ano.
"São [obras] fundamentais para a manutenção, conservação e beneficiação" da rede viária municipal, sustenta José Alberto Guerreiro, lembrando que o concelho de Odemira tem 314 quilómetros de estradas e caminhos municipais pavimentados, a que se juntam mais cerca de 200 quilómetros de estradas nacionais.
"A manutenção e beneficiação da rede rodoviária municipal acarretam grande esforço financeiro para a autarquia. Contudo, tem sido uma prioridade do Município o investimento nas infra-estruturas de comunicação, procurando melhorar as vias de comunicação existentes e criar novas vias de comunicação, que atenuem o isolamento das populações, que possibilitem um intercâmbio económico e social", diz.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quinta, 18/10/2018
Bombeiros de Odemira
continuam com dificuldades
A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Odemira (BVO) celebrou na última segunda-feira, 15 de Outubro, o seu 83º aniversário num quadro que, garante o seu presidente, continua a ser de "dificuldade financeira".
07h00 - quarta, 17/10/2018
Odemira aprova projecto
"Odemira Integra +"
Já está em vigor o segundo Plano Municipal para a Integração de Migrantes (PMIM) da Câmara de Odemira, que vai decorrer até 2020 no âmbito do projecto "Odemira Integra+" e que alicerça a política local de acolhimento e integração.
07h00 - terça, 16/10/2018
Responsabilidade social
debatida em Odemira
A Câmara de Odemira promove nesta terça-feira, 16 de Outubro, o Dia da Responsabilidade Social, dinamizado no âmbito do Ser Responsável-Programa de Responsabilidade Social das Empresas do Concelho de Odemira.
07h00 - terça, 16/10/2018
OP de Odemira com 20
projectos pré-aprovados
A Câmara de Odemira já concluiu a fase de análise técnica das propostas apresentadas para o "Orçamento Participativo 2018" (OP), tendo sido aprovados provisoriamente um total de 20 projectos.
21h13 - domingo, 14/10/2018
Milfontes ganha por sete,
Odemirense leva... sete
Muitos golos em ambos os jogos e sorte distinta para as equipas do concelho de Odemira na quarta jornada da Série 1 da Taça de Honra da 1ª divisão distrital de Beja, realizada na tarde deste domingo, 14.

Data: 19/10/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial