07h00 - segunda, 06/08/2018

Intercidades já pára
em Amoreiras-Gare

Intercidades já pára em Amoreiras-Gare

Depois de alguns anos de "ausência", os comboios voltaram a parar na estação ferroviária de Amoreiras-Odemira, na aldeia de Amoreiras-Gare (concelho de Odemira). O movimento de passageiros na estação recomeçou neste domingo, 5 de Agosto, e vai vigorar no chamado "horário de Verão", com duas paragens do Intercidades: umas às 9h49 no sentido Faro-Lisboa e outra pelas 20h18 no sentido inverso.
Para o presidente da Junta de Freguesia de São Martinho das Amoreiras, este era um momento há muito aguardado pela população, representando "uma batalha ganha" e, acima de tudo, uma nova esperança para a aldeia.
"As paragens não são aquelas que eram desejadas", mas seguramente que vão "trazer mais gente à aldeia e fomentar o movimento no comércio local", afirma ao "SW" Nuno Duarte.
"Este benefício para a aldeia será o benefício para a freguesia, que também ficará dotada de mais um meio de transporte que até agora não tinha. E para o concelho é uma grande mais-valia, assim como para algumas freguesias de concelhos limítrofes. O norte do concelho de Odemira ficará assim servido de uma estação de caminho-de-ferro", acrescenta o autarca eleito pelo PS.
A paragem do Intercidades em Amoreiras-Gare surge depois de anos de diálogo entre a empresa CP, a Câmara de Odemira, Junta de Freguesia de São Martinho das Amoreiras e a Associação de Desenvolvimento de Amoreiras-Gare. Nuno Duarte espera que agora haja movimento suficiente para este serviço não cessar quando chegar o Inverno.
"Agora as pessoas vão ter de utilizar [o comboio] e mostrar no terreno que aquilo que sempre dissemos: que faz falta o comboio, que há utentes e que fazem falta mais paragens", nota Nuno Duarte.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - quinta, 18/07/2019
FACECO 2019 apoia
pescadores da Azenha
A FACECO terá um cariz solidário em 2019, uma vez que metade do valor resultante da venda de entradas reverterá para a campanha solidária que está a decorrer em favor dos pescadores da Azenha do Mar afectados pelo incêndio de 6 de Maio.
07h00 - segunda, 15/07/2019
Balcão Único de Odemira
assinala nove anos de existência
O Balcão Único (BU) da Câmara de Odemira assinalou, na passada sexta-feira, 12 de Julho, nove anos de existência, sendo que actualmente conta com uma média de 10 mil atendimentos a munícipes por ano.
07h00 - segunda, 15/07/2019
Um derrame hoje?
"Consequências seriam
maiores", diz ARH
O director da Administração Regional Hidrográfica (ARH) do Alentejo, ligada à Agência Portuguesa do Ambiente (APA), admite que um acidente como o ocorrido, em 1989, com o petroleiro "Marão" nos dias de hoje teria consequências económicas e ambientais bem maiores na zona do Alentejo Litoral.
07h00 - sexta, 12/07/2019
Jogadora de Milfontes
nas campeãs da Europa
A concretização de um sonho: é desta forma que a futebolista Jéssica Silva, natural de Vila Nova de Milfontes, descreve a sua transferência dos espanhóis do Levante para os franceses do Olympique Lyon, actuais campeões da Europa de futebol feminino.
07h00 - sexta, 12/07/2019
E se houvesse novo derrame
de crude na costa de Odemira?
Na madrugada de 19 de Julho de 1989 a praia do Almograve e algumas zonas a norte e a sul do areal "tingiram-se" de negro.

Data: 19/07/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial