07h00 - sexta, 07/09/2018

Um mural onde cabe todo
o concelho de Odemira

Um mural onde cabe todo o concelho de Odemira

São cerca de 110 metros de parede onde "cabem" todo o concelho de Odemira! Da silhueta da praia da Zambujeira do Mar ao farol do Cabo Sardão, passando pelo forte de Vila Nova de Milfontes, o moinho da Longueira, a ponte de Odemira e de Dona Maria (a caminho da barragem de Santa Clara) ou a estação ferroviária de Santa Clara-a-Velha, são muitos os pontos de interesse natural e patrimonial que surgem representados no novo mural pintado na zona ribeirinha da vila de Odemira.
"Quisemos mostrar o que temos cá no concelho de Odemira, o que existe de bom, de bonito e atractivo", justifica ao "SW" Pedro Soares, 33 anos, que juntamente com Igor Camacho, também de 33 anos, concretizou a pintura do mural, um trabalho de minúcia e muita arte que é inaugurado neste sábado, 8 de Setembro, pelas 12h30, durante as comemorações do Dia do Município.
A criação do mural, outrora uma parede sem vida e muitas vezes "entregue" a cartazes e outras colagens ou pinturas, tem vindo a ser preparada pelos dois autores desde há cerca de um ano, por convite da Câmara de Odemira, no âmbito do programa municipal "O Jovem". Aceite o desafio, de imediato os dois artistas, que formam o projecto Ar.De – Arte e Design, começaram a idealizar o trabalho a fazer. "A nossa ideia foi fazer umas boas vindas a Odemira, com imagens de todo o concelho", lembra Pedro Soares, que é estudante de Artes Visuais na Universidade de Évora.
Antes de chegarem à parede, Pedro Soares e Igor Camacho trabalharam em computador a imagem a criar. Só depois veio o trabalho "manual". "Passámos o que tínhamos em digital no computador para a parede e depois pintámos à mão, a pincel. É um trabalho mais demorado, mas fica com outro pormenor", explica Igor Camacho, designer de formação, dando o exemplo do desenho da estação ferroviária de Santa Clara-a-Velha, que foi aquele que exigiu mais minúcia e trabalho.
"Passámos aqui muitas manhãs, tardes e noites", admite Igor Camacho, que agradece a "ajuda preciosa" que receberam de Margarida Pedro, também de Odemira e designer de interiores. Um apoio que permitiu terminar o mural mais rapidamente. "Estava previsto fazermos isto em dois meses, mas conseguimos acabar o projecto em cinco semanas", nota.
Concluído o trabalho, o resultado final tem agradado aos odemirenses e a todos aqueles que passam, de carro ou a pé, pela zona ribeirinha da vila. "Todas as reacções foram boas, não tivemos nenhuma reacção menos positiva", garante Igor Camacho. "Sempre nos disseram que têm gostado e o feedback tem sido muito positivo", acrescenta Pedro Soares.
Orgulhosos do seu projecto, os dois artistas defendem que a street art é uma forma de valorizar espaços públicos e outros edifícios entregues ao abandono. "Aos olhos de muita gente pode ainda não ser visto desta forma, mas ao contrário de certos riscos e paredes mal-tratadas, acho que fica assim melhor", afirma Pedro Soares, reconhecendo que o facto de a dupla se estrear em projectos desta envergadura na sua terra-natal também um significado especial. "É um prazer sermos nós a 'riscar' as nossas paredes", conclui de imediato Igor Camacho, a rir.


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quarta, 23/01/2019
Câmara de Odemira visita
unidades turístics do concelho
Contactar de perto com os empresários do sector é o grande objectivo do ciclo de visitas a várias unidades turísticas do concelho que a Câmara de Odemira iniciou na passada semana e que vai decorrer até ao próximo mês de Março.
07h00 - terça, 22/01/2019
Praia de Milfontes no
nacional feminino sub-19
Não tem sido um caminho fácil, mas a evolução tem sido constante: assim se pode descrever a participação da equipa de futebol feminino do Praia de Milfontes de sub-19, que nesta temporada de 2018-2019 se estreia no campeonato nacional da categoria.
07h00 - terça, 22/01/2019
"Terras Sem Sombra"
no Alentejo Litoral
A 15ª edição do festival "Terras Sem Sombra", que decorre neste ano de 2019, tem por lema "Sobre a Terra, Sobre o Mar – Viagem e Viagens na Música" e vai voltar a passar pelo Alentejo Litoral, com concertos e outras iniciativas nos concelhos de Odemira, Santiago do Cacém e Sines.
07h00 - segunda, 21/01/2019
APC Odemira dinamiza
projecto "Abranger +"
Ceder temporariamente materiais de apoio a pessoas com incapacidade física é o grande objectivo do projecto "Abranger +", dinamizado pela Associação de Paralisia Cerebral de Odemira (APCO) no âmbito do seu Centro de Apoio à Inclusão (CAI).
17h47 - domingo, 20/01/2019
Domingo de derrotas para
equipas de Odemira
Este foi um domingo para esquecer para as equipas do concelho de Odemira que disputam o campeonato distrital da 1ª divisão da Associação de Futebol de Beja.

Data: 18/01/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial