07h00 - sexta, 07/09/2018

Um mural onde cabe todo
o concelho de Odemira

Um mural onde cabe todo o concelho de Odemira

São cerca de 110 metros de parede onde "cabem" todo o concelho de Odemira! Da silhueta da praia da Zambujeira do Mar ao farol do Cabo Sardão, passando pelo forte de Vila Nova de Milfontes, o moinho da Longueira, a ponte de Odemira e de Dona Maria (a caminho da barragem de Santa Clara) ou a estação ferroviária de Santa Clara-a-Velha, são muitos os pontos de interesse natural e patrimonial que surgem representados no novo mural pintado na zona ribeirinha da vila de Odemira.
"Quisemos mostrar o que temos cá no concelho de Odemira, o que existe de bom, de bonito e atractivo", justifica ao "SW" Pedro Soares, 33 anos, que juntamente com Igor Camacho, também de 33 anos, concretizou a pintura do mural, um trabalho de minúcia e muita arte que é inaugurado neste sábado, 8 de Setembro, pelas 12h30, durante as comemorações do Dia do Município.
A criação do mural, outrora uma parede sem vida e muitas vezes "entregue" a cartazes e outras colagens ou pinturas, tem vindo a ser preparada pelos dois autores desde há cerca de um ano, por convite da Câmara de Odemira, no âmbito do programa municipal "O Jovem". Aceite o desafio, de imediato os dois artistas, que formam o projecto Ar.De – Arte e Design, começaram a idealizar o trabalho a fazer. "A nossa ideia foi fazer umas boas vindas a Odemira, com imagens de todo o concelho", lembra Pedro Soares, que é estudante de Artes Visuais na Universidade de Évora.
Antes de chegarem à parede, Pedro Soares e Igor Camacho trabalharam em computador a imagem a criar. Só depois veio o trabalho "manual". "Passámos o que tínhamos em digital no computador para a parede e depois pintámos à mão, a pincel. É um trabalho mais demorado, mas fica com outro pormenor", explica Igor Camacho, designer de formação, dando o exemplo do desenho da estação ferroviária de Santa Clara-a-Velha, que foi aquele que exigiu mais minúcia e trabalho.
"Passámos aqui muitas manhãs, tardes e noites", admite Igor Camacho, que agradece a "ajuda preciosa" que receberam de Margarida Pedro, também de Odemira e designer de interiores. Um apoio que permitiu terminar o mural mais rapidamente. "Estava previsto fazermos isto em dois meses, mas conseguimos acabar o projecto em cinco semanas", nota.
Concluído o trabalho, o resultado final tem agradado aos odemirenses e a todos aqueles que passam, de carro ou a pé, pela zona ribeirinha da vila. "Todas as reacções foram boas, não tivemos nenhuma reacção menos positiva", garante Igor Camacho. "Sempre nos disseram que têm gostado e o feedback tem sido muito positivo", acrescenta Pedro Soares.
Orgulhosos do seu projecto, os dois artistas defendem que a street art é uma forma de valorizar espaços públicos e outros edifícios entregues ao abandono. "Aos olhos de muita gente pode ainda não ser visto desta forma, mas ao contrário de certos riscos e paredes mal-tratadas, acho que fica assim melhor", afirma Pedro Soares, reconhecendo que o facto de a dupla se estrear em projectos desta envergadura na sua terra-natal também um significado especial. "É um prazer sermos nós a 'riscar' as nossas paredes", conclui de imediato Igor Camacho, a rir.


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - terça, 25/09/2018
"Sonoridades & Sabores"
regressa em Novembro
O roteiro "Sonoridades & Sabores" regressa ao interior do concelho de Odemira no próximo mês de Novembro, no sentido de valorizar e promover as tradições do cante ao despique e baldão e da viola campaniça ao longo de tardes culturais com muita música e petiscos.
07h00 - terça, 25/09/2018
Rácio para pessoal auxiliar
em Odemira é insuficiente
O novo ano escolar no concelho de Odemira começou com todos os agrupamentos a cumprirem o rácio legal em matéria de pessoal auxiliar, mas este acaba por ser insuficiente para as necessidades do território, reconhece a vereadora da Educação na Câmara Municipal local.
21h34 - domingo, 23/09/2018
Odemirense e Milfontes
entram a perder na época
Odemirense e Praia de Milfontes entraram de "pé esquerdo" na Taça de Honra da 1ª divisão distrital de Beja, ao perderem os seus jogos na ronda inaugural da nova prova do calendário de 2018-2019.
20h35 - domingo, 23/09/2018
Vitórias checas na Taça
do Mundo de Orientação
Os checos Kryztof Bogar e Martina Tinkovska foram os grandes vencedores da ronda final da Taça do Mundo de Orientação em BTT, que terminou neste domingo, 23, na vila de Odemira, depois de três dias muita competição e adrenalina.
07h00 - domingo, 23/09/2018
Odemirense e Milfontes
na Taça de Honra de Beja
As equipas do Odemirense e do Praia de Milfontes iniciam às 17h00 deste domingo, 23, a sua participação na nova Taça de Honra da 1ª divisão de Beja com a ambição de fazer o melhor possível, mas sem a "obsessão" de querer chegar a todo o custo à final a quatro da competição.

Data: 21/09/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial