07h00 - sábado, 06/10/2018

JS de Odemira
tem nova presidente

JS de Odemira tem nova presidente

Numa época em que são cada vez mais os jovens distantes da política, a nova presidente da Juventude Socialista (JS) de Odemira pretende "reintegrar os jovens na vida política" através da criação de "novas dinâmicas de participação". Diana Nogueira, de 19 anos e estudante universitária, toma posse como presidente da Concelhia de Odemira da JS neste sábado, 6 de Outubro, e em declarações ao "SW" assume que entre as prioridades para o seu mandato vai estar, "de uma forma simplificada, reintegrar os jovens na vida política".
"A verdade é que, ao longo dos anos, os jovens foram-se afastando da política. Contudo, não somos nada mais nada menos do que o rosto de amanhã do concelho! É um facto que os jovens participam em campanhas eleitorais e integram listas, mas falta sermos ouvidos, falta sermos chamados a participar e falta que a nossa opinião seja ouvida. Para tal, torna-se necessário, com o tempo, tentar criar novas dinâmicas de participação", argumenta a jovem socialista.
Diana Nogueira assume a liderança da JS em Odemira incentivada "por um conjunto de jovens pertencentes" a esta estrutura e depois de, em 2017, ter estado ligada à lista do PS no concelho nas eleições Autárquicas.
"O gosto pelo desempenho de um papel deste tipo foi crescendo ao longo do tempo, desde ter liderado projectos na Escola Secundária de Odemira no âmbito de diferentes áreas ao desempenho do papel de mandatária jovem do PS nas Autárquicas de 2017", nota Diana Nogueira, para logo acrescentar: "Dado o facto de ter um grande interesse pelo aquilo que é a cidadania activa, aceitei o desafio de muito bom grado".
Na opinião de Diana Nogueira, os jovens fazem falta à política, até porque eles são "uma completa 'força da natureza', a visão optimista, a visão abrangente e sonhadora". "E é esse mesmo tipo de visão que o concelho precisa para crescer", acrescenta a nova líder da JS, lamentando que "o desempenho do papel político por parte dos jovens esteja a ser perdido", não só no concelho "mas na sociedade em geral". "Não pela falta de gosto ou interesse, mas pelo facto de sentirmos que não somos ouvidos", vinca.
Por isso, Diana Nogueira reitera que os jovens "têm um grande papel a desempenhar nesta parte da sociedade". "Só temos de conseguir arranjar uma forma de sermos ouvidos e de termos oportunidade de pôr em prática todas as ideias que temos", conclui.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sexta, 14/12/2018
"Odemira tem hoje tecido económico mais rico"
Em pouco mais de três anos o Odemira Empreende-Programa Municipal de Empreendedorismo e Emprego já apoiou 93 novos projectos empresariais no concelho de Odemira, com um total de quase 775 mil euros.
09h00 - quinta, 13/12/2018
Assembleia Municipal de
Odemira debate agricultura
A Assembleia Municipal de Odemira promove nesta quinta-feira, 13 de Dezembro, uma reunião extraordinária, que servirá para debater o tema "Actividade Agrícola na área de Perímetro de Rega do Mira e no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina".
07h00 - quinta, 13/12/2018
APCO premiada
pelo "BPI Capacitar"
A Associação de Paralisia Cerebral de Odemira (APCO) foi das 23 instituições do país, entre centenas de candidatas, a ser distinguida na 9ª edição do prémio "BPI Capacitar", promovido pelo banco BPI e para Fundação "La Caixa".
07h00 - quinta, 13/12/2018
"Sagrada Família"
para ver em Odemira
A "Sagrada Família" é o tema deste ano da exposição de Natal promovida pela Santa Casa da Misericórdia de Odemira (SCMO) e que pode ser vista até 5 de Janeiro na Igreja da Misericórdia, em Odemira.
07h00 - quarta, 12/12/2018
Bombeiros de Odemira e Milfontes
garantem resposta às populações
Apesar do conflito existente entre os bombeiros e o Governo, as corporações de bombeiros do distrito de Beja, entre as quais a de Odemira e a de Vila Nova de Milfontes, garantem que vão manter "os mesmos níveis de prontidão e eficiência" para apoiar as populações.

Data: 14/12/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial