07h00 - terça, 06/11/2018

Nova orgânica
na Câmara de Sines

Nova orgânica na Câmara de Sines

Já está em vigor a nova orgânica da Câmara Municipal de Sines, depois do novo regulamento dos serviços da autarquia ter sido publicado em Diário da República no passado dia 31 de Outubro.
De acordo com fonte da autarquia, a reorganização dos serviços teve como principal objectivo "a criação de novos cargos dirigentes", depois das limitações que a Lei 49/2012 "tinha imposto a esse respeito, no contexto da situação política e económica que o país então atravessava".
Desta forma, continua a mesma fonte, passam a existir na Câmara de Sines sete divisões (com dirigente intermédio de segundo grau), cinco unidades (com dirigente intermédio de terceiro grau) e seis serviços (com dirigente intermédio de quarto grau).
No novo organigrama surge como novidade a Divisão de Planeamento e Gestão Estratégica, apoiada pela Unidade de Gestão e Comunicação Estratégica, que tem competências no âmbito do desenvolvimento económico, na gestão estratégica e dos fundos e financiamentos externos e da comunicação e imagem. Dentro desta unidade, é criado o Serviço de Gestão e Organização de Eventos.
Esta nova divisão junta-se às divisões de Administração e Finanças; Jurídica, Fiscalização e Ambiente; de Obras Municipais; de Gestão do Território; de Desenvolvimento Social; e de Desenvolvimento Local.
Na sequência desta reorganização dos serviços, o presidente da Câmara de Sines, Nuno Mascarenhas, promoveu igualmente uma nova distribuição dos pelouros pelos vereadores a tempo inteiro.
No caso concreto do presidente, o autarca socialista ficou com as pastas da gestão financeira, contratação pública e da gestão dos sistemas e tecnologias de informação, acompanhamento de processos que decorram sob a via contenciosa, projectos subjacentes a investimentos e as empreitadas de obras públicas, Cultura e património cultural e a gestão da Divisão de Planeamento e Gestão Estratégica.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sexta, 18/01/2019
Autarca de Odemira esperava mais
da transferência de competências
O presidente da Câmara de Odemira elogia a transferência de competências do Estado para os municípios, mas não deixa de criticar a forma como o processo foi concebido, admitindo mesmo que o actual figurino lhe "sabe a pouco".
07h00 - sexta, 18/01/2019
CM Odemira vai aceitar novas competências
Praias, jogos de fortuna ou azar, justiça, associações de bombeiros, habitação, estruturas de atendimento aos cidadãos, vias de comunicação, património imobiliário público sem utilização e estacionamento público: estas matérias vão passar para a responsabilidade da Câmara de Odemira, que vai aceitar a transferência de competências proposta pelo Governo para estas nove áreas.
07h00 - sexta, 18/01/2019
Alojamento Local em debate em Odemira
O alojamento local vai estar em debate nesta sexta-feira, 18, a partir das 14h30, no auditório da Biblioteca Municipal de Odemira, numa sessão promovida pela autarquia local.
07h00 - sexta, 18/01/2019
Alojamento Local cresce
no concelho de Odemira
A actividade turística é cada vez mais preponderante na economia local do concelho de Odemira e isso não se reflecte apenas no aumento de visitantes no território, mas também o número de unidades de alojamento tem crescido no concelho, com destaque para o Alojamento Local, que em cinco anos passou de cerca de 60 unidades para as actuais 520.
07h00 - sexta, 18/01/2019
Música e teatro pelo
projecto "GiraMundo"
O projecto "Giramundo", dinamizado pela TAIPA, apresenta nas próximas duas sextas-feiras dois espectáculos, um de música e outro de teatro.

Data: 18/01/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial