07h00 - segunda, 03/12/2018

Bombeiros de Milfontes
criam nova equipa EIP

Bombeiros de Milfontes criam nova equipa EIP

Os Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Milfontes (BVM) vão passar a contar com uma Equipa de Intervenção Permanente (EIP), com cinco elementos e que dará resposta numa primeira instância a todo o tipo de ocorrências. A criação da nova equipa deve ser concretizada em 2019, depois da proposta apresentada pela corporação ter sido recentemente aprovada pela Autoridade Nacional da Protecção Civil (ANPC) e pela Câmara de Odemira.
"É uma mais-valia, porque são mais cinco elementos que nos poderão ajudar no dia-a-dia, até porque temos sempre dificuldades com o pessoal, que é pouco", assume ao "SW" o presidente da Vida por Vida-Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Milfontes.
De acordo com António Pereira, a associação terá primeiro de assinar o protocolo de colaboração com a ANPC e o Município de Odemira, que suportarão na totalidade (50% cada) as despesas com vencimentos e subsídios dos elementos da EIP. Só depois os BVM poderão lançar o concurso para a contratação dos cinco novos elementos.
"Esperemos que corra tudo bem", afirma António Pereira, ciente que a nova EIP irá beneficiar toda a região. "Também poderemos ajudar os nossos vizinhos de Odemira ou do Cercal do Alentejo", sublinha.
Quem fica igualmente satisfeita com a criação da EIP é a comandante dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Milfontes. "A mais-valia [desta equipa] é assegurar tudo o que é emergência numa primeira linha. E depois são mais cinco pessoas quartel! É um benefício para todo o concelho de Odemira e não apenas para a freguesia de Vila Nova de Milfontes. Daí esta luta para termos uma EIP no nosso quartel", observa Maria João Guerreiro.
A comandante da corporação de Vila Nova de Milfontes explica ainda que uma EIP conta com cinco elementos (um chefe de equipa, um motorista com carta de pesados e mais três operacionais), que actuam "em primeira linha em tudo o que é considerado emergência".
"Imagine-se um incêndio ou um acidente: esta equipa está pronta a sair e vai de imediato para o local, onde faz uma primeira intervenção. Assim que chegam outras equipas, regressa ao quartel", esclarece Maria João Guerreiro.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sexta, 18/01/2019
Autarca de Odemira esperava mais
da transferência de competências
O presidente da Câmara de Odemira elogia a transferência de competências do Estado para os municípios, mas não deixa de criticar a forma como o processo foi concebido, admitindo mesmo que o actual figurino lhe "sabe a pouco".
07h00 - sexta, 18/01/2019
CM Odemira vai aceitar novas competências
Praias, jogos de fortuna ou azar, justiça, associações de bombeiros, habitação, estruturas de atendimento aos cidadãos, vias de comunicação, património imobiliário público sem utilização e estacionamento público: estas matérias vão passar para a responsabilidade da Câmara de Odemira, que vai aceitar a transferência de competências proposta pelo Governo para estas nove áreas.
07h00 - sexta, 18/01/2019
Alojamento Local em debate em Odemira
O alojamento local vai estar em debate nesta sexta-feira, 18, a partir das 14h30, no auditório da Biblioteca Municipal de Odemira, numa sessão promovida pela autarquia local.
07h00 - sexta, 18/01/2019
Alojamento Local cresce
no concelho de Odemira
A actividade turística é cada vez mais preponderante na economia local do concelho de Odemira e isso não se reflecte apenas no aumento de visitantes no território, mas também o número de unidades de alojamento tem crescido no concelho, com destaque para o Alojamento Local, que em cinco anos passou de cerca de 60 unidades para as actuais 520.
07h00 - sexta, 18/01/2019
Música e teatro pelo
projecto "GiraMundo"
O projecto "Giramundo", dinamizado pela TAIPA, apresenta nas próximas duas sextas-feiras dois espectáculos, um de música e outro de teatro.

Data: 18/01/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial