07h00 - quarta, 05/12/2018

Odemira com orçamento
de 33,1 milhões em 2019

Odemira com orçamento de 33,1 milhões em 2019

A Câmara de Odemira vai contar em 2019 com um orçamento de 33,1 milhões de euros, cerca de mais 500 mil euros que o valor previsto no orçamento municipal do presente ano. O Orçamento e Grandes Opções do Plano da Câmara de Odemira foram aprovados, por maioria, no final de Novembro, na Assembleia Municipal.
De acordo com fonte municipal, em 2019 a autarquia "continuará a sua política de actuação centrada nas pessoas e no território, com um enfoque especial no estímulo ao empreendedorismo e criação de emprego, nas políticas sociais e culturais, participação cívica e qualificação do território".
Nesse sentido, continua a mesma fonte, são cinco as áreas prioritárias da Câmara de Odemira para "promover o desenvolvimento, o crescimento e a elevação da qualidade de vida": Desenvolvimento económico e emprego; Inclusão e solidariedade; Intervenção sociocultural, inovação e conhecimento; Participação cívica e gestão pública; e Planeamento, qualificação urbana e ambiental.
No próximo ano a Câmara de Odemira "continuará a promover um acréscimo de investimento no ordenamento, planeamento, proteção e valorização do território", incluindo a qualificação e regeneração urbana, a par de "um esforço considerável na manutenção e conservação de uma significativa parte da rede de acessibilidades municipais, com recurso a meios financeiros exclusivamente de origem municipal".
Em 2019 a autarquia irá também dar "continuidade à redução local de impostos, com o alívio da carga fiscal dos munícipes e empresas". A título de exemplo, nota fonte municipal, "os valores de cobrança de serviços de água, águas residuais e resíduos sólidos, mantêm-se iguais aos preços aplicados desde 2010".
O orçamento da Câmara de Odemira para 2019 prevê ainda uma "ampla participação em empresas intermunicipais, sociedades anónimas, instituições e associações que expressam a parceria do município em importantes áreas e projectos de interesse municipal, envolvendo elevados meios financeiros".
A Câmara de Odemira, acrescenta a mesma fonte, continuará também "a execução de investimentos municipais, condicionando a sua actuação ao equilíbrio financeiro permanente e às oportunidades proporcionadas pelo quadro comunitário (Portugal 2020), procurando maximizar o necessário investimento estruturante".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h01 - segunda, 20/05/2019
Inscrições abertas
para as Brisas 2019
A Câmara de Odemira tem abertas até ao próximo dia 6 de Junho as inscrições para mais uma edição da "Brisas do Atlântico", evento desportivo multidisciplinar que vai decorrer a 10 de Junho entre o Almograve e a Zambujeira do Mar.
07h00 - segunda, 20/05/2019
Jornada sem vitórias
para equipas de Odemira
A 21ª jornada do campeonato distrital da 1ª divisão de Beja, realizada na tarde deste domingo, 19, teve um sabo amargo para as equipas do concelho de Odemira, sendo que nenhuma logrou somar os três pontos.
07h00 - quinta, 16/05/2019
Regadio no Mira com
taxa de utilização de 60%
Meio século após a construção da barragem de Santa Clara, estão a ser utilizados 60% dos cerca de 12 mil hectares abrangidos pelo Aproveitamento Hidroagrícola do Mira (AHM).
07h00 - quarta, 15/05/2019
Praias de Odemira com
mais três bandeiras azuis
No Verão de 2019 serão 12 as praias do concelho de Odemira a ostentar a Bandeira Azul, símbolo de qualidade e excelência ambiental atribuído pela ABAE-Associação Bandeira Azul da Europa.
07h00 - quarta, 15/05/2019
Vitacress vai usar
algas como fertilizante
A empresa Vitacress, com sede na freguesia de Boavista dos Pinheiros (Odemira), está a trabalhar num projecto de investigação que prevê a utilização de microalgas como fertilizante orgânico na agricultura.

Data: 10/05/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial