07h00 - sexta, 04/01/2019

Sabóia AC (ainda)
não pensa na subida

Sabóia AC (ainda) não pensa na subida

Falta um "pontinho" apenas para a formação do Sabóia AC garantir o principal objectivo da actual temporada de 2018-2019: chegar à fase final do campeonato distrital da 2ª divisão de Beja. Para já a equipa do concelho de Odemira lidera confortavelmente a Série B e só uma "hecatombe" nas últimas quatro jornadas a impedirá de garantir um lugar na segunda fase da competição, onde depois se discutirá a subida de divisão.
"A equipa está até a exceder as nossas expectativas", admite ao "SW" o presidente do Sabóia AC, que não regateia elogios ao empenho e dedicação de jogadores, à equipa técnica liderada por Leandro Palma e aos colegas directores. "Só com tudo isto é que podemos conseguir atingir os objectivos a que nos propomos no início da época, que é ir à segunda fase. Depois tudo é possível", vinca Garcia Rodrigues.
Mas apesar de admitir todos os cenários, ver o Sabóia AC na luta pela subida à 1ª divisão não é propriamente o grande desejo do presidente do clube. "Já estive dois anos como presidente na 1ª divisão e sei bem as dificuldades que o Sabóia AC tem quando anda por lá. Para já queremos ir à segunda fase. Depois… É claro que ninguém joga para perder e vamos tentar ganhar o máximo de jogos possível. As contas fazem-se no fim e no fim do campeonato, aí sim, logo se vê", afirma Garcia Rodrigues.
Segundo o dirigente, ter uma equipa do Sabóia AC na 1ª divisão distrital de Beja "é muito complicado" e acarreta grandes exigências, a começar pelo facto de os jogos serem aos domingos. "E na 1ª divisão um jogador tem de treinar um mínimo de duas ou três vezes por semana, só que os jogadores não querem assumir esse compromisso, até por questões de trabalho", adianta.
A estas, continua Garcia Rodrigues, juntam-se ainda as questões "monetárias". "O orçamento é curto e em grande parte dos jogos fora temos de almoçar fora. E sendo o Sabóia AC um clube que não paga ordenados ainda mais complicado é. Ou seja, temos de viver e encarar a realidade do clube. E a realidade do clube quando estamos na 2ª divisão é muito diferente de quando estamos na 1ª divisão", reforça.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

08h00 - quinta, 20/06/2019
AHSA defende melhores
condições de acolhimento
Resolver a questão do acolhimento e da integração dos cidadãos estrangeiros a trabalhar nas explorações horto-frutícolas do concelho de Odemira tem de ser uma prioridade, no sentido de garantir o desenvolvimento de um sector que já movimenta anualmente mais de 200 milhões de euros.
07h00 - quarta, 19/06/2019
Atletas de São Luís
campeões de juniores
A equipa de atletismo da Casa do Povo de São Luís, do concelho de Odemira, sagrou-se campeã distrital de juniores em pista no sector masculino no último sábado, 15, durante os campeonatos distritais realizados em Odemira.
07h00 - segunda, 17/06/2019
Projecto "Sem Rede" apresenta
espectáculo final em Odemira
O Cerro do Peguinho, em Odemira, recebe nesta segunda-feira, 17 de Junho, o espectáculo final do projecto de inclusão social "Sem Rede", que conta com a participação de reclusas do Estabelecimento Prisional de Odemira.
07h00 - sábado, 15/06/2019
Época balnear abre no
concelho de Odemira
Abre oficialmente neste sábado, 15 de Junho, a época balnear no concelho de Odemira, que em 2019 contar com doze praias com Bandeira Azul, além de seis praias com a bandeira de "Qualidade Ouro", cinco praias acessíveis e duas praias naturistas.
07h00 - sábado, 15/06/2019
Dia do Pescador
festejado no Cavaleiro
A aldeia do Cavaleiro, na freguesia de São Teotónio (Odemira), recebe neste sábado, 15 de Junho, a 17ª edição das comemorações do Dia do Pescador, que visa reflectir sobre o sector e promover o convívio entre a comunidade piscatória local.

Data: 07/06/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial