07h00 - sexta, 04/01/2019

Sabóia AC (ainda)
não pensa na subida

Sabóia AC (ainda) não pensa na subida

Falta um "pontinho" apenas para a formação do Sabóia AC garantir o principal objectivo da actual temporada de 2018-2019: chegar à fase final do campeonato distrital da 2ª divisão de Beja. Para já a equipa do concelho de Odemira lidera confortavelmente a Série B e só uma "hecatombe" nas últimas quatro jornadas a impedirá de garantir um lugar na segunda fase da competição, onde depois se discutirá a subida de divisão.
"A equipa está até a exceder as nossas expectativas", admite ao "SW" o presidente do Sabóia AC, que não regateia elogios ao empenho e dedicação de jogadores, à equipa técnica liderada por Leandro Palma e aos colegas directores. "Só com tudo isto é que podemos conseguir atingir os objectivos a que nos propomos no início da época, que é ir à segunda fase. Depois tudo é possível", vinca Garcia Rodrigues.
Mas apesar de admitir todos os cenários, ver o Sabóia AC na luta pela subida à 1ª divisão não é propriamente o grande desejo do presidente do clube. "Já estive dois anos como presidente na 1ª divisão e sei bem as dificuldades que o Sabóia AC tem quando anda por lá. Para já queremos ir à segunda fase. Depois… É claro que ninguém joga para perder e vamos tentar ganhar o máximo de jogos possível. As contas fazem-se no fim e no fim do campeonato, aí sim, logo se vê", afirma Garcia Rodrigues.
Segundo o dirigente, ter uma equipa do Sabóia AC na 1ª divisão distrital de Beja "é muito complicado" e acarreta grandes exigências, a começar pelo facto de os jogos serem aos domingos. "E na 1ª divisão um jogador tem de treinar um mínimo de duas ou três vezes por semana, só que os jogadores não querem assumir esse compromisso, até por questões de trabalho", adianta.
A estas, continua Garcia Rodrigues, juntam-se ainda as questões "monetárias". "O orçamento é curto e em grande parte dos jogos fora temos de almoçar fora. E sendo o Sabóia AC um clube que não paga ordenados ainda mais complicado é. Ou seja, temos de viver e encarar a realidade do clube. E a realidade do clube quando estamos na 2ª divisão é muito diferente de quando estamos na 1ª divisão", reforça.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - segunda, 21/01/2019
APC Odemira dinamiza
projecto "Abranger +"
Ceder temporariamente materiais de apoio a pessoas com incapacidade física é o grande objectivo do projecto "Abranger +", dinamizado pela Associação de Paralisia Cerebral de Odemira (APCO) no âmbito do seu Centro de Apoio à Inclusão (CAI).
17h47 - domingo, 20/01/2019
Domingo de derrotas para
equipas de Odemira
Este foi um domingo para esquecer para as equipas do concelho de Odemira que disputam o campeonato distrital da 1ª divisão da Associação de Futebol de Beja.
07h00 - domingo, 20/01/2019
Equipas de Odemira
em acção na 1ª divisão
A deslocação do Praia de Milfontes ao reduto do Penedo Gordo é um dos grandes destaques da 9ª jornada do campeonato distrital da 1ª divisão de Beja, agendada para as 15h00 deste domingo, 20 de Janeiro.
07h00 - sexta, 18/01/2019
Autarca de Odemira esperava mais
da transferência de competências
O presidente da Câmara de Odemira elogia a transferência de competências do Estado para os municípios, mas não deixa de criticar a forma como o processo foi concebido, admitindo mesmo que o actual figurino lhe "sabe a pouco".
07h00 - sexta, 18/01/2019
CM Odemira vai aceitar novas competências
Praias, jogos de fortuna ou azar, justiça, associações de bombeiros, habitação, estruturas de atendimento aos cidadãos, vias de comunicação, património imobiliário público sem utilização e estacionamento público: estas matérias vão passar para a responsabilidade da Câmara de Odemira, que vai aceitar a transferência de competências proposta pelo Governo para estas nove áreas.

Data: 18/01/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial