07h00 - segunda, 18/03/2019

CDS questiona se comboio
vai voltar a Luzianes-Gare

CDS questiona se comboio vai voltar a Luzianes-Gare

O deputado do CDS-PP Hélder Amaral questionou o Governo sobre se existe a possibilidade de alguns dos serviços ferroviários poderem ter paragem na estação de Luzianes-Gare, no concelho de Odemira.
Na pergunta apresentada na Assembleia da República e dirigida ao ministro das Infra-estruturas e da Habitação, Hélder Amaral lembra que a ferrovia "é uma das apostas fundamentais para o futuro da mobilidade de Portugal", sendo que nas terras do interior o comboio, "para lá de ser sinónimo de mobilidade, é também sinónimo de quebra do isolamento".
"A esperança de que ainda existe um futuro para o interior, apenas será dada, no caso de existirem medidas concretas que provem que o poder político central não esquece as populações, por mais pequenas que sejam. Isso é aliás o que actualmente está a acontecer na freguesia de Luzianes-Gare, no concelho de Odemira, onde os populares e dirigentes políticos locais começam a perder a esperança no futuro", frisa o deputado do CDS-PP.
Segundo Hélder Amaral é "incompreensível que há 15 anos se tenha feito um investimento considerável na estação [de Luzianes-Gare] e nas suas imediações, sem que depois os comboios ali parem".
"Uma estação que deveria servir a população acaba por não ser útil prejudicando muitos dos utentes dos Comboios de Portugal que, quando os pretendem utilizar, são obrigados a deslocar-se até estações com uma distância considerável de Luzianes-Gare", nomeadamente Sabóia, Santa-Clara-a-Velha ou Amoreiras-Gare, diz o deputado.
Hélder Amaral acrescenta ainda que o facto de existirem paragens técnicas dos comboios nesta localidade "leva a que muitos dos utentes abandonem o comboio ali mesmo", existindo desta forma "um risco para quem abandona o comboio sem as devidas condições de segurança".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

09h00 - sábado, 07/12/2019
Novo monumento
inaugurado no Lousal
A Câmara de Grândola inaugura neste sábado, 7, pelas 16h00, um novo monumento de arte pública na aldeia mineira do Lousal, criado ao longo do último ano através de um projecto comunitário.
07h00 - quarta, 04/12/2019
Curso técnico superior
arrancou em Grândola
Arrancou na passada semana a edição de 2019-2020 do Curso Técnico Superior Profissional de Gestão de Turismo do Politécnico de Setúbal, que pela primeira vez vai decorrer na vila de Grândola.
08h00 - terça, 03/12/2019
Vila de Grândola
com luzes de Natal
de baixo consumo
Já estão ligadas as iluminações de Natal na vila de Grândola, que este ano são formadas por cerca de 150 mil lâmpadas LED de baixo consumo, colocadas em espaços públicos emblemáticos e centrais da "vila morena".
07h00 - quarta, 27/11/2019
Obras de requalificação
na Olaria de Melides
A Câmara Municipal de Grândola já iniciou as obras de requalificação da Olaria de Melides e de construção de um edifico para realização de oficinas, investimento avaliado em cerca de 306 mil euros.
07h00 - terça, 26/11/2019
PEV quer obras na
Secundária de Grândola
O Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV) defende a necessidade, a curto prazo, de obras de requalificação e reabilitação da Escola Secundária António Inácio da Cruz (ESAIC), no concelho de Grândola.

Data: 29/11/2019
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial