07h00 - terça, 14/05/2019

Autarcas de Sines
e Santiago arguidos
no caso GALP

Autarcas de Sines e Santiago arguidos no caso GALP

O presidentes das câmaras municipais de Sines e de Santiago do Cacém estão entre os 18 arguidos no caso GALP, referente às viagens ao Euro 2016 pagas pela empresa petrolífera a políticos e outros responsáveis.
Segundo a acusação, Nuno Mascarenhas e Álvaro Beijinha, assim como os restantes arguidos (entre os quais dois antigos secretários de Estado), ao aceitarem o convite da GALP para ir a França ver Portugal jogar no Euro 2016 receberam "vantagens patrimoniais e não patrimoniais a que não tinham direito".
Nesse sentido, o Ministério Público requereu, para os arguidos que exerciam funções públicas à altura, a condenação na pena acessória de proibição do exercício de função de titulares de cargos públicos, de funcionários públicos ou de agentes da administração.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - terça, 26/05/2020
500 portáteis distribuídos
por alunos de Odemira
São 500 computadores portáteis e 280 routers que permitem o acesso à Internet: é este equipamento informático que a Câmara de Odemira vai distribuir pelos alunos do concelho, no sentido de assegurar que todos os jovens estudantes tenham à disposição as ferramentas necessárias para o ensino à distância.
09h00 - segunda, 25/05/2020
Freguesia
de São Luís sem
médico há meses
A Junta de Freguesia de São Luís, no concelho de Odemira, está indignada pela falta de profissionais de saúde na Extensão de Saúde local, sendo que de momento a freguesia não conta com médico, enfermeiros ou sequer serviços administrativos.
07h00 - segunda, 25/05/2020
Plataforma pelas Artes
nasce no concelho de Odemira
A vila de Odemira foi um dos "palcos", na passada quinta-feira, 21, da vigília pelas artes e cultura em Portugal, numa iniciativa da qual acabou por nascer a Plataforma Cultura e Artes Odemira, que junta diversos artistas residentes no concelho.
08h00 - sexta, 22/05/2020
Vereadora Deolinda Seno Luís: "Era incompreensível Odemira não ter CLDS"
Em entrevista ao "SW" a vereadora Deolinda Seno Luís, responsável pelo pelouro da Intervenção Social na Câmara de Odemira, explica a importância de o concelho ter, pela primeira vez, um Contrato Local de Desenvolvimento Social no seu território.
08h00 - sexta, 22/05/2020
Odemira quer ter
idosos "mais activos"
Promover o "envelhecimento activo" e a "autonomia das pessoas idosas", assim como combater a solidão e o isolamento, são algumas das metas do "Geração Activa", projecto que arrancou no passado mês de Outubro e que é o primeiro Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS) desenvolvido no concelho de Odemira.

Data: 22/05/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial