07h00 - terça, 11/06/2019

Autarca de Santiago alerta
para problemas POOC

Autarca de Santiago alerta para problemas POOC

O presidente da Câmara de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, "exige mais" da revisão do Plano de Ordenamento da Orla Costeira (POOC), sobretudo no que diz respeito à criação de condições para receber os banhistas na zona de costa do concelho.
A matéria esteve em discussão na passada semana, durante a reunião que juntou os autarcas do Alentejo Litoral, através da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral (CIMAL), com a secretária de Estado do Ordenamento do Território e Conservação da Natureza, Célia Ramos.
Segundo Álvaro Beijinha, "o actual POOC está completamente desactualizado" relativamente à realidade que hoje se vive no concelho de Santiago do Cacém "em termos turísticos e tendo em consideração a procura da costa para férias".
O autarca diz ainda que proposta de delimitação do POOC o está a deixar "muito preocupado", dado entrar "no perímetro urbano da cidade de Vila Nova de Santo André, que está a dois quilómetros da praia", situação que a própria secretária de Estado reconheceu dever tratar-se de um erro.
"Esta situação estende-se igualmente à área da Costa de Santo André entrando em zona de Plano de Pormenor onde está prevista construção e em zonas já consolidadas, e que no nosso entender não parece representar qualquer tipo de risco pela distância a que se encontra do mar", sublinha Álvaro Beijinha.
Também a situação das praias do Monte Velho e da Fonte do Cortiço estiveram em discussão com a governante, tendo a secretária de Estado do Ordenamento do Território e Conservação da Natureza mostrado disponibilidade para avaliar todas estas situações.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - terça, 02/06/2020
Deputados do PS visitaram
concelho de Odemira
Os dois deputados do PS eleitos pelo distrito de Beja visitaram nesta segunda-feira, 1 de Junho, alguns restaurantes e unidades turísticas do concelho de Odemira.
07h00 - segunda, 01/06/2020
Odemira cria fundos de emergência
para apoiar famílias e empresas
Minimizar o impacto da crise social e económica nas famílias e empresas do concelho de Odemira e fazer face à diminuição dos rendimentos causada pela pandemia da Covid-19 é a meta dos fundos de emergência criados pela Câmara Odemira, no valor total de 1,25 milhões de euros.
07h00 - sexta, 29/05/2020
PSD questiona caravanismo
"selvagem" no Alentejo Litoral
O PSD pretende saber se o Governo vai rever o actual quadro legal para proteger regiões como a Costa Vicentina e o Sudoeste Alentejano da prática daquilo que apelida de "auto-caravanismo selvagem".
07h00 - terça, 26/05/2020
500 portáteis distribuídos
por alunos de Odemira
São 500 computadores portáteis e 280 routers que permitem o acesso à Internet: é este equipamento informático que a Câmara de Odemira vai distribuir pelos alunos do concelho, no sentido de assegurar que todos os jovens estudantes tenham à disposição as ferramentas necessárias para o ensino à distância.
09h00 - segunda, 25/05/2020
Freguesia
de São Luís sem
médico há meses
A Junta de Freguesia de São Luís, no concelho de Odemira, está indignada pela falta de profissionais de saúde na Extensão de Saúde local, sendo que de momento a freguesia não conta com médico, enfermeiros ou sequer serviços administrativos.

Data: 22/05/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial