07h00 - segunda, 17/06/2019

Obras arrancam
no Bairro do Pinhal

Obras arrancam no Bairro do Pinhal

A Câmara de Santiago do Cacém já iniciou as obras de requalificação de espaço público no bairro do Pinhal, em Vila Nova de Santo André, avaliadas em 1,1 milhões de euros e integradas no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) do concelho.
Segundo a autarquia, a intervenção, que tem apoio comunitário através do Alentejo 2020, visa "qualificar a imagem geral do bairro, quer paisagisticamente quer funcionalmente, recorrendo ao espaço público para preservar a memória do local, valorizando os usos partilhados com o qual foi pensado, mas garantindo a segurança dos seus utilizadores".
Queremos "dar uma nova cara àquele bairro, à semelhança do que estamos a fazer no bairro das Flores e iremos fazer no bairro do Serrotes: dar mais condições de mobilidade às pessoas e melhor ambiente urbano qualificando o espaço público", sublinha o presidente da Câmara de Santiago do Cacém.
Álvaro Beijinha acrescenta que a autarquia pretende, com estas obras, "oferecer as melhores condições de habitabilidade a quem lá vive, tornando o bairro mais amigo dos seus habitantes e visitantes". "Esta é uma obra importantíssima para a cidade e foi um compromisso que assumimos com as populações durante a campanha eleitoral" em 2017, reitera.
A obra do bairro do Pinhal vai decorrer em simultâneo com a requalificação do bairro das Flores e inclui, entre outras intervenções, a requalificação das áreas de circulação pedonal, a reestruturação dos espaços verdes do bairro e a instalação de dois fogareiros comunitários, com vista à centralização deste tipo de equipamentos, evitando a proliferação de pequenas unidades individuais.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - quinta, 18/07/2019
FACECO 2019 apoia
pescadores da Azenha
A FACECO terá um cariz solidário em 2019, uma vez que metade do valor resultante da venda de entradas reverterá para a campanha solidária que está a decorrer em favor dos pescadores da Azenha do Mar afectados pelo incêndio de 6 de Maio.
07h00 - segunda, 15/07/2019
Balcão Único de Odemira
assinala nove anos de existência
O Balcão Único (BU) da Câmara de Odemira assinalou, na passada sexta-feira, 12 de Julho, nove anos de existência, sendo que actualmente conta com uma média de 10 mil atendimentos a munícipes por ano.
07h00 - segunda, 15/07/2019
Um derrame hoje?
"Consequências seriam
maiores", diz ARH
O director da Administração Regional Hidrográfica (ARH) do Alentejo, ligada à Agência Portuguesa do Ambiente (APA), admite que um acidente como o ocorrido, em 1989, com o petroleiro "Marão" nos dias de hoje teria consequências económicas e ambientais bem maiores na zona do Alentejo Litoral.
07h00 - sexta, 12/07/2019
Jogadora de Milfontes
nas campeãs da Europa
A concretização de um sonho: é desta forma que a futebolista Jéssica Silva, natural de Vila Nova de Milfontes, descreve a sua transferência dos espanhóis do Levante para os franceses do Olympique Lyon, actuais campeões da Europa de futebol feminino.
07h00 - sexta, 12/07/2019
E se houvesse novo derrame
de crude na costa de Odemira?
Na madrugada de 19 de Julho de 1989 a praia do Almograve e algumas zonas a norte e a sul do areal "tingiram-se" de negro.

Data: 05/07/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial