07h00 - sexta, 09/08/2019

Montras com arte
na aldeia de São Luís

Montras com arte na aldeia de São Luís

As artes vão encher as ruas e as montras da aldeia de São Luís (Odmeira), que a partir deste sábado, 10, acolhe a quinta edição da MONTRAS-Mostra de Artistas e Artesãos de São Luís.
Ao longo de quase um mês esta iniciativa "transforma" a localidade num centro de artes e convívio, dando a conhecer a criatividade local e reabilitando alguns dos locais emblemáticos da terra.
"A MONTRAS 2019 é um convite aberto para viver a aldeia de uma forma diferente, experimentar o potencial de uma pequena comunidade e participar neste evento colaborativo, criado por todos e para todos", explicam ao "SW" Filomena Patrício e Carmen Maraschin, da organização.
"Pretendemos assim estimular a valorização da comunidade de São Luís, a coesão comunitária e espírito de entreajuda, bem como o fortalecimento da resiliência e sustentabilidade local e regional", acrescentam.
A MONTRAS 2019 é organizada pela Transição São Luís e pela comunidade local, com o apoio da Câmara de Odemira, da Junta de Freguesia de São Luís, da Casa do Povo de São Luís e da Sociedade Musical e Recreativa Sanluizense, e arranca neste fim-de-semana, 10 e 11 de Agosto, dias em que estão previstas muitas actividades.
Nesse sentido, entre as 17h00 e as 2h00 as ruas do Comércio e da Igreja vão estar fechadas ao trânsito, para serem locais de apresentações artísticas e ao convívio comunitário. No primeiro dia haverá música com Sérgio Guri & Humberto Tomás (18h45) e Marco Campaniça (23h00), além de teatro com os "3 em Pipa" (19h45) e uma performance de Alan Tod (21h45).
Para o domingo, 11, estão previstos concertos do acordeonista Jorge Brito (17h00) e do colectivo "Orquídea de Chumbo" (17h45), um espectáculo de música dos anos 80 (20h45), uma jam session de fado (23h00) e a actuação dos DJs "Rebel Up" (23h30). Neste dia terá ainda lugar uma demonstração de capoeira com Pedro Marques (18h30) e a apresentação da peça de teatro "Reservado", de Leonor Alcácer (19h30).
Exposições e uma feira de artesanato e de produtos locais marcam igualmente o programa dos primeiros dois dias da Montras 2019, que contará ainda com as mostras de artistas nas montras de São Luís, que podem ser vistas até 7 de Setembro.
Participam nestas mostras os artistas Herberto Figueiredo (escultura), Frank Philip Steinhoff (pintura), Rita Teles (ilustração infantil), Raquel Raposo (pintura), Dominik Jasinski (pintura), Radka Valová (fotografia), Philipe Peseaux (banda desenhada), Flávia Germano Barra (escultura e desenho), Joana Silva (poesia e fotografia), Flora Dolores (instalação), Ana Zorrinho (literatura), Humberto Tomás (exposição sobre música), Joana Gregório & Tiago Ferreira (fotografia), Sven Ahlborn (fotografia), Larissa Ohl (pintura), Hakim Caseirito (pintura), Alan Tod (pintura) e o projecto "Escalabardo" (design), além dos artistas residentes do colectivo Ateneu do 14.
A Montras 2019 termina a 7 de Setembro, com a já tradicional "Festa da adiafa".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - segunda, 14/10/2019
Exposição sobre
dieta mediterrânica na
Biblioteca de Odemira
A Biblioteca Municipal José Saramago, em Odemira, tem patente até ao dia 29 de Outubro a exposição "Dieta Mediterrânica Património Cultural Imaterial da Humanidade", elaborada pela Câmara de Tavira.
19h23 - domingo, 13/10/2019
Odemirense e Milfontes
empatam no arranque
do campeonato distrital
As equipas do Odemirense e do Praia de Milfontes empataram neste domingo, 13, naquela que foi a primeira jornada do campeonato distrital da 1ª divisão de Beja de 2019-2020.
07h00 - domingo, 13/10/2019
Odemirense e Milfontes
iniciam o campeonato
Arranca neste domingo, 13 de Outubro, pelas 16h00, a edição de 2019-2020 do campeonato distrital da 1ª divisão de Beja, com a participação do Odemirense e do Praia de Milfontes.
07h00 - sábado, 12/10/2019
Subida Internacional
do rio Mira em canoagem
O troço do rio Mira entre Vila Nova de Milfontes e Odemira recebe neste sábado, 12, a terceira edição da Subida Internacional do Rio Mira em K4, prova que irá contar com a participação de cerca de 80 canoístas em 20 equipas.
12h00 - sexta, 11/10/2019
Odemira recorda a
vida e obra de Amália
Amália Rodrigues, a maior fadista de todos os tempos, faleceu há 20 anos e a sua vida e obra vai voltar a ser recordada na pequena aldeia do Brejão, no concelho de Odemira, onde passava grandes temporadas na sua casa de praia.

Data: 04/10/2019
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial