07h00 - quarta, 25/09/2019

Agrupamento de Colos recebe
prémio "Maravilha Farms 2019"

Agrupamento de Colos recebe prémio "Maravilha Farms 2019"

Requalificar o espaço da Escola Básica Aviador Brito Paes, em Colos, "do ponto de vista agrícola e ambiental" é a grande meta do projecto apresentado pelo Agrupamento de Escolas de Colos, que é o grande vencedor da edição de 2019 do "Prémio Maravilha Farms".
Trata-se de uma iniciativa da empresa agrícola Maravilha Farms, que tem sede em São Teotónio e produz frutos vermelhos nos concelhos de Odemira e Tavira, no sentido de distinguir projectos de carácter diversificado, que resultem "num especial desenvolvimento social, humano, científico, artístico ou económico" nestes dois municípios.
O júri do concurso, composto por Luís Pinheiro (director-geral da Maravilha Farms), Ana Filipa Baltazar (do departamento de Comunicação e Filantropia da empresa), Miguel Bettencourt da Câmara e Fernando Gomes da Silva, acabou por escolher, por unanimidade, o projecto "O espaço escolar como elemento de aprendizagem e desenvolvimento humano", do Agrupamento de Escolas de Colos, elogiando a sua "originalidade e pertinência".
O projecto vai receber um prémio de 10 mil euros e prevê a plantação de mais de meio milhar de árvores autóctones "para favorecer a fauna e flora locais" e também a criação de uma horta biológica, "em que alunos e comunidade vão pôr 'mãos-à-obra'".
"Tudo isto enquanto se promove a aprendizagem, se aproxima a escola da comunidade e se ajuda na formação de seres humanos mais conscientes e responsáveis", acrescenta fonte oficial da Maravilha Farms.
"Estamos muito contentes e agradecemos a Colos por este projecto, que não podia ir mais ao encontro da filosofia do nosso prémio, sinónimo de ideias desafiadoras, potenciadoras de mudança", acrescenta a mesma fonte da empresa.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - sexta, 29/05/2020
PSD questiona caravanismo
"selvagem" no Alentejo Litoral
O PSD pretende saber se o Governo vai rever o actual quadro legal para proteger regiões como a Costa Vicentina e o Sudoeste Alentejano da prática daquilo que apelida de "auto-caravanismo selvagem".
07h00 - terça, 26/05/2020
500 portáteis distribuídos
por alunos de Odemira
São 500 computadores portáteis e 280 routers que permitem o acesso à Internet: é este equipamento informático que a Câmara de Odemira vai distribuir pelos alunos do concelho, no sentido de assegurar que todos os jovens estudantes tenham à disposição as ferramentas necessárias para o ensino à distância.
09h00 - segunda, 25/05/2020
Freguesia
de São Luís sem
médico há meses
A Junta de Freguesia de São Luís, no concelho de Odemira, está indignada pela falta de profissionais de saúde na Extensão de Saúde local, sendo que de momento a freguesia não conta com médico, enfermeiros ou sequer serviços administrativos.
07h00 - segunda, 25/05/2020
Plataforma pelas Artes
nasce no concelho de Odemira
A vila de Odemira foi um dos "palcos", na passada quinta-feira, 21, da vigília pelas artes e cultura em Portugal, numa iniciativa da qual acabou por nascer a Plataforma Cultura e Artes Odemira, que junta diversos artistas residentes no concelho.
08h00 - sexta, 22/05/2020
Vereadora Deolinda Seno Luís: "Era incompreensível Odemira não ter CLDS"
Em entrevista ao "SW" a vereadora Deolinda Seno Luís, responsável pelo pelouro da Intervenção Social na Câmara de Odemira, explica a importância de o concelho ter, pela primeira vez, um Contrato Local de Desenvolvimento Social no seu território.

Data: 22/05/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial