07h00 - sexta, 04/10/2019

Verão excelente para
o turismo em Odemira

Verão excelente para o turismo em Odemira

"Muito trabalhoso", "muito satisfatório", o "melhor de sempre": é desta forma que os responsáveis por unidades hoteleiras e restaurantes do concelho de Odemira classificam o Verão de 2019. Os meses de calor voltaram a trazer milhares de turistas ao concelho e as empresas locais que trabalham no sector não escondem que, depois de semanas de "casa cheia", o balanço a fazer só pode ser excelente.
"Foi um Verão muito, muito trabalhoso, mas que superou as nossas expectativas", afiança ao "SW" Tânia Reis, da direcção comercial do grupo Duna Parque Hotel, que tem seis unidades (todas de diferentes características) na zona de Vila Nova de Milfontes. De acordo com esta responsável, a maior procura foi por parte de portugueses e a taxa média de ocupação rondou os "85%/ 90%", sendo que a grande diferença sentida de 2018 para 2019 "foi o aumento das reservas de última hora". "Daí ter sido um Verão muito trabalhoso para nós", diz.
Perto de Vila Nova Milfontes, o mesmo cenário no Hotel Rural Moita Mar. "Foi um Verão muito satisfatório", em que tivemos "uma taxa média de ocupação de 90%, sobretudo com portugueses", revela Vânia Anico, directora-geral da unidade.
Descendo no mapa, na freguesia de São Teotónio, o Verão de 2019 foi igualmente bastante positivo. No Enigma Nature & Water Hotel a taxa média de ocupação andou muitas vezes "nos 100%", muito pela procura por parte de turistas provenientes de França, Espanha e Reino Unido. "Foi o nosso melhor Verão em termos de ocupação e acabou por ser um ano que correspondeu às nossas expectativas, depois de em 2018 termos ficado aquém do que esperávamos", conta Diogo Marques, assessor da direcção da unidade.
Nem só as unidades hoteleiras ficaram satisfeitas com a época alta no concelho de Odemira. À mesa o aumento de turistas também se fez sentir, como garante Daniel Correia, gerente do restaurante "Costa Alentejana", mesmo no centro da Zambujeira do Mar. "Foi um Verão que nos correu muito, muito bem. Superou aquilo que tínhamos tido em 2018 e tivemos quase sempre filas à porta. E o mês de Setembro foi bom até ao fim, o que não é habitual. Ou seja, não podia ter sido [um Verão] melhor!", vinca com satisfação este empresário.
Daniel Correia observa ainda que este ano, apesar dos portugueses terem estado em maioria, já teve mais turistas estrangeiros que o normal na época alta. Mudanças que, na sua opinião, se devem ao trabalho desenvolvido pelo seu restaurante ao longo do ano. "Temos sempre as portas abertas e isso faz diferença", diz o empresário.
Apesar do Verão já ter chegado ao fim os empresários do sector do turismo em Odemira ainda continuam atarefados, mas nem por isso deixam de se preparar para a próxima época alta. E se uns esperam que 2020 traga ainda mais turistas à região, outros não deixam de apontar alguns problemas que começam a surgir no sector.
Na opinião de Daniel Correia, do restaurante "Costa Alentejana", a região "continua a ser atractiva para muita gente pela sua tranquilidade e pelas praias". Ainda assim, continua, "há muito por fazer no concelho" em termos turísticos, sem especificar.
Por seu lado, Diogo Marques, do Enigma Nature & Water Hotel, afiança que a região tem, em termos turísticos, "muito potencial e muito para crescer". Contudo, não esconde uma preocupação – "É uma opinião pessoal, mas há turistas que ficam apreensivos quando chegam e vêm tantos cidadãos indianos, nepaleses e outros, pessoas que trabalham na agricultura e têm hábitos e costumes diferentes dos nossos. Por exemplo, queixam-se de falta de privacidade nas praias".
Já Tânia Reis, do grupo Duna Parque Hotel, mostra-se optimista quanto ao futuro do turismo no concelho, mas alerta para a possibilidade de, "a longo prazo", a oferta superar a procura. "Surgiram muitas novas unidades, sobretudo de alojamento local, nos últimos tempos e existe algum receio que isso venha a acontecer", conclui.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

15h00 - sexta, 10/05/2019
Gente da Barragem:
Mariana & Diogo
A casa de Diogo e Mariana fica sobranceira à barragem, com uma vista deslumbrante, daquelas que daria a capa para uma colecção de postais, um fundo publicitário ou o lugar onde se passa um filme mediterrânico.
07h00 - sexta, 10/05/2019
Três dias de festa em Santa Clara
Os 50 anos da barragem de Santa Clara, no interior do concelho de Odemira, são assinalados neste fim-de-semana, 10 a 12 de Maio, com uma série de actividades promovidas pela Câmara de Odemira em parceria com a Associação de Beneficiários de Mira.
07h00 - sexta, 10/05/2019
"Santa Clara foi o
investimento público mais
importante no concelho"
Meio século após a inauguração da barragem em Santa Clara-a-Velha, o presidente da Câmara de Odemira frisa, em entrevista ao "SW", a importância do equipamento no desenvolvimento sócio-económico do concelho.
07h00 - segunda, 29/04/2019
H.
Na aldeia de Santa Clara-a-Velha, de manhã muito cedo quando as pessoas ainda não voltaram do desaparecer do dia anterior, percorro as ruas a indagar o porquê de ficar.
07h00 - sexta, 12/04/2019
Gente da Barragem:
Rita & Ricardo
Há na barragem de Santa Clara dois pequenos barcos à vela, na zona do centro náutico, ancorados à espera das pessoas que hão-de chegar ao deck de acostagem e neles entrar, soltar as velas e, como num sonho de criança, simplesmente navegar.

Data: 18/10/2019
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial