07h00 - sexta, 17/01/2020

Teatro comunitário
no concelho de Sines

Teatro comunitário no concelho de Sines

Reescrever histórias de mulheres que fizeram parte da história de Sines e desafiar as sinienses a contar as suas próprias histórias é o mote do projecto de teatro comunitário "Mulheres Nascidas de um Nome", que arranca neste sábado, 18, no concelho de Sines.
A iniciativa tem por base o livro homónimo de Cláudio Hochman e chega a Sines, num primeiro momento, com a apresentação do espectáculo em três locais do concelho: Espaço Sénior de Porto Covo (15h30), sede da Associação Cabo-verdiana (17h30) e auditório do Centro de Artes de Sines (21h30).
"Com este espectáculo, a que todos podem assistir, o público de Sines poderá ter o primeiro contacto com um projecto de teatro comunitário que nasceu em Lisboa e chegou a reunir 159 mulheres", revela a Câmara de Sines em comunicado, adiantando que o elenco que estará em Sines integra a actriz Joana Pereira da Silva, que cresceu em Vila Nova de Santo André, assim como Ana Isabel Pereira, Sara Madeira, Ana Marta Kaufmann, Sílvia Balancho e Joana Raio.
De acordo com a mesma fonte, as apresentações de sábado, 18, "serão o ponto de partida para um projecto de teatro comunitário que pretende envolver o maior número possível de mulheres de Sines (maiores de 16 anos), com ou sem experiência teatral".
Em Sines o projecto trabalhará a partir de textos do livro de Cláudio Hochman, mas também se propõe a "reescrever histórias de mulheres que fizeram parte da história de Sines e desafiar as sinienses a contar as suas próprias histórias". O trabalho será dinamizado por comunidades/ grupos, "que depois se juntarão num espectáculo final", acrescenta a mesma fonte.
Segundo a Câmara de Sines, o projecto terá início em Março, com uma primeira fase de sessões dedicadas à apresentação e selecção de histórias e textos, sendo que também estão convidadas a participar todas as mulheres "que possam trazer o seu contributo musical, de dança ou de qualquer outra manifestação artística que se integre no projecto".
Depois terá lugar uma segunda fase, de "apropriação" e "aprendizagem" dos textos e da forma de os dizer, e, por fim, "a fase da partilha com o público", a 23 de Maio, na Semana da Educação Artística de Sines.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - segunda, 17/02/2020
Deputados do PS questionam
Governo sobre saúde em Odemira
Os dois deputados do PS eleitos por Beja questionaram a ministra da Saúde sobre as carências na área da Saúde verificadas no concelho de Odemira e sobre a escassez de profissionais de saúde e de equipamentos no Hospital do Litoral Alentejano.
07h00 - segunda, 17/02/2020
Odemirense e Milfontes
continuam na Taça
As equipas do Odemirense e do Praia de Milfontes garantiram neste domingo, 16 de Fevereiro, a passagem aos quartos-de-final da Taça do Distrito de Beja da temporada 2019-2020.
07h00 - sexta, 14/02/2020
Nadadores de Odemira
com bons resultados
Os nadadores do Núcleo Desportivo e Cultural de Odemira (NDCO) estiveram em bom plano no III Meeting Internacional Luso-Andaluz, que se realizou a 8 e 9 de Fevereiro nas piscinas da cidade de Tomar.
07h00 - sexta, 14/02/2020
Faltam médicos na
freguesia de S. Teotónio
A população da freguesia de São Teotónio, no concelho de Odemira, está indignada pela falta de médicos no Posto de Saúde local.
07h00 - sexta, 14/02/2020
População de São Teotónio organiza protesto
A falta de médicos no Centro de Saúde de São Teotónio levou a população a agendar para esta sexta-feira, 14 de Fevereiro, uma vigília de protesto contra a situação.

Data: 14/02/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial