07h00 - quinta, 06/02/2020

Helena Loermans
"decifra" telas históricas

Helena Loermans "decifra" telas históricas

Olhando para "O Enterro do Conde Orgaz" ou "Vista e Plano de Toledo", obras maiores na pintura de El Greco (artista greco-espanhol do século XVI), há muito mais para além dos seus traços de cor e luz fantamasgóricos. Por debaixo surge uma tela de linho, mais grossa que o habitual, padronizada e pouco ou nada referenciada por críticos e historiadores de arte. Mas é precisamente esta camada invisível ao olhar de todos nós, presente nas obras de El Greco, mas também de Ticiano, Caravaggio ou Velásquez, que a neerlandesa Helena Loermans tem vindo a dar a conhecer ao mundo a partir da vila de Odemira.
O projecto "Lab O" nasceu em 2017, quando Helena recebeu no seu atelier a jovem polaca Marta Pokojowczyk, estudante de História de Arte e Pintura, no âmbito do programa "Erasmus Jovens Empreendedores". "Começámos a fazer telas com uma textura mais grossa, diferente, mais complexa que o normal, que é tafetá", recorda ao "SW".
Até que um dia, continua, uma visitante do atelier falou a Helena sobre o facto de muitos pintores dos séculos XVI e XVII utilizarem, à época, telas com padrões. "Falou-me em pintores espanhóis, e quando fui procurar na Internet encontrei um desenho técnico da tela em que El Greco pintou a sua obra-prima, 'O Enterro do Conde de Orgaz'", revela a tecelã.
Estava assim dado o mote para o "Lab O". "Comecei a reconstruir esse padrão e depois fui pesquisar e descobri que o Ticiano também pintou sobre estas telas, assim como o Caravaggio ou Velázquez… E percebi que no mundo não há ninguém a fazer isto. Mais: a tela como suporte na pintura é sub-estimada. Há muito pouca informação", observa.
Para chegar até ao padrão das telas Helena Loermans recorre à sua formação de analista médica e às imagens de raio-x das pinturas originais que lhe são enviadas pelos museus (ainda recentemente viu aprovado o seu pedido ao Museu do Prado, em Madrid). "É um trabalho que demora bastante tempo. Mas à medida que vamos procurando uma coisa vamos encontrar cada vez mais", diz a tecelã, considerando que este projecto tem a mais-valia de ligar "o artesanato à ciência, à história e ao empreendedorismo".
O trabalho de Helena Loermans sobre estas telas esteve em exposição nos últimos dias de Janeiro, em Odemira, no novo espaço CRIAR, da associação de artesãos CACO. Mas desde que Helena e Marta iniciaram este projecto que as suas descobertas já foram apresentadas a diversos conservadores e outros especialistas do mundo nas áreas têxtil e da história da arte, inclusive na conceituada Universidade de Yale, nos EUA.
"A maior parte das pessoas – até dentro deste ramo – não faziam ideia disto. E muita gente até questiona por que será que nunca ninguém se lembrou disto?", frisa, sorridente, Helena Loermans.
Com o "Lab O" a tecelã neerlandesa (e odemirense) espera dar a conhecer a(s) história(s) por detrás das telas. Mas também dar destaque a algo que, na maior parte das vezes, é pouco valorizado pelos artistas.
"Sei que há muito investimento, entre os pintores amadores, nas tintas, nos vernizes, nos pincéis… Mas nunca ouvi nenhum dizer alguma coisa sobre a tela. Foi sempre um aspecto sub-valorizado", diz, para logo acrescentar: "Por isso, é claro que gostava de ver os pintores usarem estas telas que estou a reconstruir. Mas também algum artesão ou empreendedor pegar nisto e fazer produção".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

08h00 - quarta, 08/04/2020
Quercus liberta peixes
na Ribeira do Torgal
A associação ambientalista Quercus promove nesta quarta-feira, 8, pelas 12h00, uma acção de libertação no meio natural de cerca de mil peixes autóctones reproduzidos em cativeiro no Pego das Pias, na ribeira do Torgal, no concelho de Odemira.
08h00 - terça, 07/04/2020
Executivo da Câmara de Odemira
apresenta manifesto sobre Covid-19
A Câmara de Odemira exige que os 19 emigrantes residentes no concelho que, na passada semana, entraram em quarentena por terem estado em contacto com uma pessoa com Covid-19, sejam testados ao coronavírus findo o período de quarentena profiláctica em curso, por forma a tranquilizar a população.
08h00 - quinta, 02/04/2020
Câmara de Odemira lança
15 medidas de apoio económico
Com a crise "à porta" devido à pandemia de Covid-19, a Câmara de Odemira acaba de lançar um pacote de 15 medidas de apoio às famílias, instituições e empresas do concelho, no valor de dois milhões de euros, com o objectivo "de contribuir para a salvaguarda da economia familiar, da preservação do tecido empresarial e do emprego e ajudar as instituições no seu trabalho diário de apoio social".
08h00 - terça, 31/03/2020
OP de Odemira dedicado ao
"Ambiente e Alterações Climáticas"
Arranca nesta quarta-feira, 1 de Abril, a edição de 2020 do "Orçamento Participativo" (OP) da Câmara de Odemira, que este ano será totalmente desmaterializado e dedicado em exclusivo ao tema "Ambiente e Alterações Climáticas".
08h00 - segunda, 30/03/2020
Nacionais e distritais
de formação de futebol
e futsal concluídos
A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou na sexta-feira, 27, ter dado por concluídos os campeonatos nacionais e distritais de futebol e futsal nos escalões de formação, em virtude da pandemia de Covid-19 que está a afectar todo o território de Portugal.

Data: 27/03/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial