07h00 - quarta, 04/03/2020

Utentes do Alentejo Litoral
reuniram com ministra da Saúde

Utentes do Alentejo Litoral reuniram com ministra da Saúde

A Coordenadora das Comissões de Utentes do Litoral Alentejano consideram que a região "é das piores" no que diz respeito "aos cuidados de Saúde" prestados à população. Uma conclusão que surge depois reunião que mantiveram, na segunda-feira, 2, com a ministra da Saúde, Marta Temido.
Em comunicado, a Coordenadora das Comissões sublinham que "num momento em que está para ser promulgado pelo Presidente da República o Orçamento de Estado, e quando se fala no reforço de verbas para o Serviço Nacional de Saúde, é inadmissível a região do Litoral Alentejano estar ao abandono no que diz respeito aos investimentos, depois de tantas promessas já realizadas".
Segundo a Coordenadora, a ministra informou, entre outras questões, que "não há planos para a construção de um novo Centro de Saúde em Santiago do Cacém, nem a reparação das extensões de Saúde de Melides (Grândola), Vila Nova de Santo André (Santiago do Cacém), Sabóia e São Luís (Odemira)".
No encontro com a governante ficou também claro que "não está previsto a reabertura de extensões de Saúde, como por exemplo Barrancão e Montevil (Alcácer do Sal), Deixa-o-Resto, São Bartolomeu da Serra e São Francisco da Serra (Santiago do Cacém)" e que o Serviço de Atendimento Permanente do Centro de Saúde de Grândola "não será reaberto" durante as 24 horas.
No que diz respeito ao Hospital do Litoral Alentejano, a Coordenadora das Comissões de Utentes refere que a ministra apenas confirmou a contratação de 10 enfermeiros e seis assistentes operacionais para o novo Serviço de Urgência, "o que será insuficiente uma vez que deverão ser contratados no mínimo 15 enfermeiros e põe em causa a segurança dos utentes naquele novo espaço".
Segundo a Coordenadora, Marta Temido disse ainda que "está ser realizado o projecto para a nova Extensão de Saúde de Vila Nova de Milfontes".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - sexta, 27/03/2020
Hospital do Litoral
Alentejano sem visitas
A Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA) implementa nesta sexta-feira, 27 de Março, um novo regime de visitas aos doentes internados no Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém, em virtude da pandemia de Covid-19.
07h00 - quinta, 26/03/2020
Covid-19: Apoio a idosos
em Santiago do Cacém
A pandemia de Covid-19 que afecta Portugal levou a Câmara de Santiago do Cacém a criar uma rede de apoio para a idosos com mais de 65 anos, pessoas em situação de fragilidade ou de mobilidade reduzida e que se encontrem sozinhas.
07h00 - quarta, 25/03/2020
Covid-19: Desinfecção
de ruas em Santiago
A Câmara de Santiago do Cacém iniciou nesta terça-feira, 24, acções regulares de desinfecção e higienização dos espaços públicos do concelho, como medida para combater e conter a propagação da Covid-19.
07h00 - segunda, 23/03/2020
Hospital do Litoral com
novo regime de visitas
A Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (USLA) implementa a partir desta segunda-feira, 23, um novo regime de visitas a doentes internados no Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém, em virtude do surte de Covid-19 em Portugal.
07h00 - sexta, 20/03/2020
Covid-19: Obras suspensas
no centro de Santiago do Cacém
As obras de requalificação da Avenida Manuel da Fonseca, da zona comercial do centro histórico e da envolvente do Mercado Municipal de Santiago do Cacém estão temporariamente suspensas, depois da autarquia local ter aceitado o pedido feito nesse sentido pela empresa construtora.

Data: 27/03/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial