07h00 - quinta, 10/09/2020

BE contra "privatização"
da costa alentejana

BE contra "privatização" da costa alentejana

As estruturas do Bloco de Esquerda (BE) no Litoral Alentejano vieram a pública manifestar a sua oposição àquilo que de denominam "a privatização da orla costeira do Alentejo Litoral".
Em causa está, segundo comunicado do BE enviado ao "SW", o facto de estarem previstos oito "megalómanos projectos" turísticos ao longo da costa, "com inicio previsto para o final de 2020 por iniciativa privada de poderosos grupos económicos internacionais e multimilionários".
"Projectos estes, aprovados pelas câmaras municipais de Grândola e Alcácer do Sal, numa profunda desvalorização do património natural em detrimento dos interesses económicos e da monocultura do turismo", sublinham os bloquistas, que contestam ainda a recente decisão de vedar os acessos públicos à praia nos Brejos da Carregueira, "com portões electrónicos, constituindo um acto ilícito de apropriação do bem público".
"Em todos estes empreendimentos impera uma perspectiva de turismo para as elites, gerador de emprego precário e mão-de-obra itinerante, factor de pressão urbanística e aumento das rendas, assente numa insensibilidade ambiental", advoga o BE, que, por oposição, defende "um modelo de desenvolvimento sustentável, ecológico, de respeito pela natureza e os habitats naturais".
"Um modelo que garanta empregos e salários dignos, coesão social e territorial, e o interesse público. Um modelo que não é compatível com a cegueira capitalista e dos interesses privados que querem transformar a costa num enorme complexo turístico-residencial privado", acrescenta.
Por tudo isto, no comunicado os bloquistas do Alentejo Litoral exigem "a protecção integral do cordão dunar, eco-sistemas e zonas húmidas", "a revisão dos planos de ordenamento do território e da orla costeira", "a extensão da área protegida e da Rede Natura 2000", "a suspensão imediata dos projectos e empreendimentos turísticos, até à sua devida avaliação de impacte ambiental" e "a remoção de quaisquer portões e vedações ilegais de acesso às praias".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - terça, 29/09/2020
Alcácer do Sal
mantém IMI mais baixo
do distrito de Setúbal
A Câmara de Alcácer do Sal vai manter em 2021 a taxa de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) nos 0,3% para os prédios urbanos, naquele que é o valor mais baixo praticado pelas autarquias em todo o distrito de Setúbal.
07h00 - sexta, 25/09/2020
Alcácer do Sal garante
refeições escolares
e bolsas de estudo
A Câmara de Alcácer do Sal ratificou nesta quinta-feira, 24, em reunião do executivo, as propostas de fornecimento de refeições nos estabelecimentos de ensino do concelho e de atribuição de bolsas a estudantes do ensino superior no ano lectivo de 2020-2021.
07h00 - quinta, 24/09/2020
Novo sistema de tratamento
de esgotos na Comporta
A localidade da Comporta, no concelho de Alcácer do Sal, vai ter um novo sistema de pré-tratamento de esgotos, sendo que a nova Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) local permitirá reaproveitar águas.
07h00 - quarta, 23/09/2020
Câmara de Alcácer
adjudica empreitada
em Foros de Albergaria
A Câmara de Alcácer do Sal e a empresa José Marques Gomes Galo SA já assinaram o auto de consignação das obras de remodelação de infra-estruturas de Foros de Albergaria, avaliadas em quase 717 mil euros.
07h00 - terça, 22/09/2020
Autarca de Alcácer
pede obras nas estradas
O mau estado de algumas estradas nacionais que atravessam o concelho foi o mote da reunião, realizada na passada semana, entre o presidente da Câmara de Alcácer do Sal e o vice-presidente da empresa Infra-estruturas de Portugal (IP).

Data: 18/09/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial