07h00 - sexta, 18/09/2020

Odemirense e Milfontes
contra início "precoce"
da temporada 20-21

Odemirense e Milfontes contra início "precoce" da temporada 20-21

O Odemirense e o Praia de Milfontes são dois dos sete clubes subscritores de uma tomada de posição entregue à Associação de Futebol de Beja (AFBeja), onde é criticado o arranque dos campeonatos distritais, nomeadamente o da 1ª divisão, previsto para o próximo dia 18 de Outubro.
No documento, a que o "SW" teve acesso, os dois emblemas do concelho de Odemira (assim como o Despertar de Beja, Guadiana de Mértola, Aldenovense, Sporting de Cuba e União Serpense) afirmam ser "óbvia a inexistência de qualquer aspecto positivo num início apressado e não consensual" das competições, sugerindo mesmo "o adiamento da decisão para início e formato das provas para o final do presente mês de Setembro, assim como, a abertura de um ciclo de reuniões/ audições com os clubes, para que se percebam em definitivo as dificuldades sentidas e a realidade local em que vivem".
De acordo com os emblemas subscritores da tomada de posição, "o carácter amador destas competições, não se coaduna com o 'risco' inerente de contágio [por Covid-19] e suas consequências", acrescentando que "a multiplicidade de origens geográficas, nomeadamente dos atletas, potencia a possibilidade migratória da infecção/ doença" e que "a concomitância entre a vida privada, familiar, laboral, escolar e desportiva dos atletas e participantes" pode potenciar "a eventual contracção da doença".
Além do mais, frisam, os clubes não poderão assumir "responsabilidades que não são da sua esfera de decisão ou influência, em particular a impossibilidade de se responsabilizarem pela implementação de medidas que são do foro autárquico ou municipal e que respeitam às condições sanitárias e de higiene e limpeza, proporcionadas no uso das instalações desportivas".
A par disto, os sete emblemas lembram as dificuldades acrescidas que terão de enfrentar em 2020-2021 nas deslocações de atletas e com a realização de jogos de "à porta fechada", com a "óbvia perda de receitas", a que se junta "a manutenção de todos os custos fixos que competições desta natureza implicam".
Uma posição que nem a recente decisão da AFBeja em reduzir as taxas de jogo para metade do valor até Dezembro altera. "Continuam a ser insuficientes os apoios, uma vez que os pressupostos de quebra de receitas se mantêm válidos, fazendo prever graves dificuldades financeiras para os clubes no decurso da época/competições", argumentam os clubes subscritores da tomada de posição.
Para estes sete emblemas, "é precoce o início dos campeonatos, em moldes e timing semelhante aos de anos 'ditos normais', dado o momento pandémico que se vive", "a recente evolução do número de casos" e a implementação, desde 15 de Setembro, do "Estado de Contingência", "o que exige flexibilidade por parte da AFBeja e capacidade para encontrar medidas extraordinárias, inclusive repensando o formato de realização das provas, se necessário".
Tudo isto leva os sete emblemas a solicitar alguns esclarecimentos sobre o actual Regulamento Covid-19 para a Retoma da Prática Competitiva de Futebol e Futsal da AFBeja e a defender que não haja qualquer "penalização para os clubes pela não participação nas referidas competições quando não lhes seja imputável o ónus da não participação".
"Esta poderá ter origem na legítima recusa dos atletas, visando estes diminuir o grau de exposição ao risco de contágio, salvaguardando a sua saúde individual, familiar e comunitária" e "a solução avançada pela Direcção da AFBeja, que visa punir com a descida administrativa de divisão os clubes não participantes, não faz sentido no actual momento, pois há questões de Saúde Pública que se sobrepõem a qualquer interesse competitivo", sustentam.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - terça, 27/10/2020
Câmara de Odemira atribui
apoio financeiro às escolas
A Câmara de Odemira vai atribuir um apoio financeiro, no valor total de 33320 euros, aos agrupamentos de escolas e às escolas não agrupadas do concelho, assim como às instituições particulares de solidariedade social (IPSS) com valências na área da Educação, visando o combate à pandemia da Covid-19.
07h00 - segunda, 26/10/2020
Odemirense entrou
em campo com
apenas sete atletas
Depois da falta de comparência no jogo da primeira jornada, o Odemirense entrou em campo com apenas sete jogadores neste domingo, 25, na partida da segunda jornada da 1ª divisão distrital de Beja contra a equipa da União Serpense.
07h00 - quinta, 22/10/2020
Festivais Sudoeste
e Músicas do Mundo
recebem prémio
Os festivais Meo Sudoeste e Músicas do Mundo de Sines (FMM) foram galardoados durante a quinta edição dos Iberian Festival Awards (Prémios dos Festivais Ibéricos), cuja cerimónia se realizou no domingo, 18, em formato online.
07h00 - quinta, 22/10/2020
António Camilo admite propôr
alienação do salão de festas
dos Bombeiros de Odemira
António Camilo admite a possibilidade de vir a propôr que a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Odemira possa alienar o seu salão de festas para garantir as receitas necessárias à requalificação do seu quartel ou de outros investimentos na operação, se tal vier a ser necessário.
07h00 - quarta, 21/10/2020
Caçadores de São Teotónio
apresentam preocupações
Representantes das sete associações de caçadores da freguesia de São Teotónio (Odemira) reuniram a 10 de Outubro com o deputado do PS eleito por Beja, Pedro do Carmo, onde apresentaram as suas preocupações relativamente ao momento que o sector enfrenta.

Data: 16/10/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial