07h00 - segunda, 16/11/2020

Zambujeira "inspira"
novas canções de Tim

Zambujeira "inspira" novas canções de Tim

A ligação de Tim à Zambujeira do Mar é por demais conhecida. É nesta localidade costeira do concelho de Odemira que o vocalista dos Xutos & Pontapés passa, desde há muito, grandes temporadas. Foi lá que deu os primeiros acordes numa guitarra e também onde subiu em estreia ao cima de um palco. Agora, é igualmente "fonte de inspiração" para o seu novo disco, "20-20-20", editado no passado mês de Outubro e em parte gravado na Zambujeira do Mar.
O novo disco de Tim (cujo título é inspirado numa antiga marca de tabaco sem filtro) apresenta uma dúzia de canções simples e directas, onde o cantor surge ao lado de Moz Carrapa (guitarra), de Nuno Espírito Santo (baixo) e dos seus dois filhos, Vicente e Sebastião Santos, nas teclas e na bateria, respectivamente.
As gravações, sempre às segundas-feiras, começaram no estúdio caseiro de Tim, na zona de Lisboa, prosseguindo depois na Zambujeira do Mar e em Toronto, no Canadá. Tudo sempre feito com a maior das simplicidades.
"Resolvi pegar neste conceito de simplicidade e aplicá-lo à minha música: um tema musical, um assunto de conversa ou um sentimento, um arranjo e pronto", explica o cantor.
Dos dias de gravação passados na Zambujeira do Mar ficaram três canções para "20-20-20": "Ondas do mar", "Parece impossível" e "Pôr-do-sol".
A primeira "tem que ver com aquela sensação de vertigem que pode acontecer quando se está num certo sítio a olhar o mar", conta Tim. "Aqueles momentos em que nos pensamos pequeninos ou grandes, aqueles momentos em que estamos diante da beleza de as ondas serem tantas, todas iguais e todas diferentes. As oportunidades também são muitas e não podemos ficar presos àquele momento em que parece que tudo se resume a nós, ao amor e à terra. A vida continua por aí e temos de nos lançar a ela", acrescenta.
Depois surge "Parece impossível", uma canção de amor em que a letra "acabou por acertar em cheio naquilo que vivemos com a pandemia". "Às vezes as pessoas estão numa situação de felicidade e não a reconhecem, não lhe atribuem o valor que devia ter e esse valor só aparece depois, quando essa situação deixa de poder acontecer. É só isso. É aquele instante em que se diz 'Parece impossível, estava tudo tão bom'", observa Tim.
Finalmente "Pôr-do-sol", canção inspirada nesse momento único para todos aqueles que já o presenciaram a partir da Zambujeira do Mar.
"A Costa Vicentina tem essa qualidade de nos colocar diante do efémero e perante aquela grandiosidade, aquelas forças, levar-nos a pensar naquilo que somos", nota Tim.
Mas acrescenta: "O ambiente musical tem que ver com uma espécie de calma que também existe ali, uma espécie de sorriso interior que sinto quando estou lá. Depois tem um 'truquezinho' lá pelo meio, ao falar das pessoas realmente mais vampirescas que também existem na Zambujeira [do Mar] e só saem à noite. De dia estão numas praias quaisquer, não sabemos bem, e à noite aparecem".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - sexta, 30/07/2021
"Cultura Com Todos"
termina em Odemira
Dinamizar o território e apoiar os agentes culturais locais é o grande objetivo do programa "Cultura com Todos em Odemira", que a Câmara Municipal tem vindo a promover nas freguesias do concelho do Litoral Alentejano ao longo deste mês de julho.
07h00 - sexta, 30/07/2021
Milfontes em sobressalto com ruído e vandalismo
A população de Vila Nova de Milfontes, no concelho de Odemira, está indignada com o excesso de ruído, desacatos e atos de vandalismo provocados por um grupo de jovens que, todos os anos, passa férias na localidade.
07h00 - sexta, 30/07/2021
Nuno Góis candidato
da CDU à AM Odemira
Nuno Góis vai ser o candidato da CDU à Assembleia Municipal de Odemira nas próximas eleições Autárquicas, agendadas para 26 de setembro, anunciou a candidatura comunista na sua página oficial no Facebook.
07h00 - quinta, 29/07/2021
Odemira foi o concelho com
maior aumento de população
O concelho de Odemira foi o único em todo o Alentejo que aumentou a população residente na última década, segundo os dados preliminares dos Censos 2021, que foram revelados nesta quarta-feira, 28 de julho.
07h00 - quarta, 28/07/2021
Odemira reabre fundo
de apoio a agentes culturais
A Câmara de Odemira anunciou a reabertura do fundo municipal de apoio extraordinário aos agentes culturais, no valor total de 40 mil euros, no sentido de "minimizar" o impacto da pandemia na atividade dos artistas e associações do concelho.

Data: 30/07/2021
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial