07h00 - sexta, 26/03/2021

Unidade de Convalescença do Hospital
do Litoral Alentejano encerrada

Unidade de Convalescença do Hospital do Litoral Alentejano encerrada

A administração da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA) confirmou nesta quinta-feira, 25, o encerramento da Unidade de Convalescença do Hospital do Litoral Alentejano (HLA), em Santiago do Cacém.
Em comunicado, o conselho de administração da ULSLA explica que com o agravamento da situação pandémica, "e consequente necessidade de aumentar a capacidade de resposta da ULSLA, mais especificamente do HLA, foi necessário criar novos serviços dedicados ao tratamento destes doentes, o que implicou a expansão desses serviços".
"Com a restruturação efetuada, e procurando proteger a resposta a doentes não covid em fase aguda, tornou-se então necessário reafectar as camas da Unidade de Convalescença ao Serviço de Medicina Interna, permitindo assim manter a capacidade instalada deste serviço".
A administração da ULSLA acrescenta que, "tendo em conta a atual situação pandémica", que "ninguém consegue prever quando terminará", o HLA "terá de manter áreas dedicadas ao tratamento de doentes Covid".
Nesse sentido, "esta decisão foi determinante para não colocar em causa a prestação de cuidados à população que servimos", afiança a ULSLA, garantindo continuar "fortemente" empenhada "em melhorar a prestação de cuidados em toda a região" e reiterando "que o seu foco será sempre na articulação integrada das respostas que oferecemos à comunidade".
O encerramento da Unidade de Convalescença do HLA foi denunciado pela Coordenadora das Comissões de Utentes do Litoral Alentejano, que considera que esta decisão "obriga ao envio dos utentes para outras unidades longe das suas residências".
Em comunicado enviado ao "SW", a Coordenadora sublinha que "os utentes servidos por esta instituição recusam ver delapidados serviços essenciais a uma população com características geodemográficas particulares".
"Estas situações são inadmissíveis num momento em que se caracteriza pela conquista e reposição de direitos e que deveria de corresponder à reabertura de serviços encerrados pelos anteriores Governos, bem como o reforço de valências no HLA", acrescenta o comunicado.
A Coordenadora das Comissões de Utentes considera, por isso, que "o Governo e o Ministério da Saúde devem obrigatoriamente travar este processo" de encerramento da Unidade de Convalescença do HLA.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - quinta, 08/04/2021
HLA tem dois novos postos
de carregamento elétrico
O Hospital do Litoral Alentejano (HLA), em Santiago do Cacém, disponibiliza, desde esta quarta-feira, 7 de abril, dois novos postos de carregamento duplos para viaturas elétricas.
07h00 - quinta, 08/04/2021
PEV questiona Governo sobre
central solar em Santiago
O partido ecologista "Os Verdes" (PEV) questionou no Parlamento o Governo, através do Ministério do Ambiente e da Ação Climática, a pretensão de instalar uma central fotovoltaica em Vale de Água, no concelho de Santiago do Cacém.
07h00 - quarta, 07/04/2021
Higienização de
contentores em Santiago
A Câmara de Santiago do Cacém iniciou, no final de março, uma nova ação de higienização dos contentores de resíduos urbanos indiferenciados, abrangendo um total de 1872 contentores de superfície.
07h00 - terça, 30/03/2021
Altice Portugal nega
acusações do autarca
de Santiago do Cacém
A Altice Portugal veio a público manifestar a sua "surpresa e perplexidade" perante as acusações do presidente da Câmara de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, que criticou a empresa pela falta de cobertura de rede de internet e telemóvel em vários pontos do concelho.
07h00 - segunda, 29/03/2021
PCP preocupado com fecho de
Unidade de Convalescença do HLA
A Direção da Organização Regional do Litoral Alentejano (DORLA) do PCP veio a público manifestar a sua "preocupação" face ao encerramento da Unidade de Convalescença do Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém.

Data: 09/04/2021
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial