17h21 - quinta, 08/12/2016

A importância do Poder Local


Carlos Pinto
Na próxima segunda-feira, 12 de Dezembro, celebram-se 40 anos de Poder Local Democrático em Portugal. Foi nessa data, no ano de 1976, que os portugueses puderam pela primeira vez eleger os órgãos de governação local em consciência e, sobretudo, em liberdade. Uma conquista para o povo que se traduziu igualmente num período de grande transformação nas nossas terras, que puderam desde então alimentar (e concretizar) a ambição de ter mais e melhores condições de vida para todos.
Portugal não seria o que é hoje sem o Poder Local. E quem como todos nós está mais longe dos grandes centros urbanos sabe bem do que estamos a falar. As nossas pequenas cidades, vilas e aldeias seriam hoje locais bem menos apetrechados e pouco apetecíveis para viver não fosse (e seja) a acção das câmaras municipais e das juntas de freguesia, que muitas vezes vão além das suas competências mais directas para proporcionar o desenvolvimento social e económico dos seus territórios.
Sem Poder Local haveria hoje lugares e montes sem uma estrada de acesso em condições. Teríamos aldeias sem as mais básicas das infra-estruturas, desde o saneamento à electricidade. Ou ainda vilas e cidades sem equipamentos educativos, sociais, culturais e/ou recreativos com o nível de qualidade que se encontra nas grandes urbes.
As eleições Autárquicas de 1976 – e as quatro décadas de Poder Local que se seguiram – são, por tudo isto, um momento histórico para os portugueses que não se pode perder nos confins da memória. É que para entender o presente e melhor desenhar o futuro, há que saber o que foi o passado. Daí que se saúde a decisão da Câmara Municipal de Odemira de promover por estes dias um programa comemorativo que assinala com dignidade esta data histórica no Portugal pós-25 de Abril. É assim que se promove a cidadania e valoriza a Liberdade.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quinta, 18/01/2018
DECO dá apoio
jurídico em Odemira
A DECO/ Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor inicia nesta quinta-feira, 18, as sessões gratuitas de atendimento ao consumidor na vila de Odemira em 2018, que decorrerão sempre na terceira quinta-feira de cada mês.
07h00 - quinta, 18/01/2018
CM Sines faz mais obras
no Bairro 1º de Maio
A Câmara de Sines vai avançar com a segunda fase do projecto de reabilitação do espaço público do Bairro 1º de Maio, depois do Alentejo 2020 ter dado "luz verde" à candidatura a fundos comunitários apresentada à autarquia.
07h00 - quinta, 18/01/2018
Autarca de Santiago
elogia linha Sines-Caia
O presidente da Câmara de Santiago do Cacém considera que a construção da ligação ferroviária entre Sines e Caia, na fronteira com Espanha, "é uma obra decisiva para o desenvolvimento" do Alentejo Litoral.
07h00 - quarta, 17/01/2018
Alerta para agravamento do
estado do mar no Sudoeste
A Capitania do Porto de Sines lançou um aviso para um novo agravamento do estado do mar partir da tarde desta quarta-feira, 17 de Janeiro, em que as ondas podem atingir os cinco metros de altura.
07h00 - quarta, 17/01/2018
CM Sines reabilita
parque infantil
A Câmara de Sines já concluiu os trabalhos de reabilitação do parque infantil do bairro Júdice Fialho, onde foram instalados novos equipamentos de recreio e lazer, um novo piso e máquinas de fitness ao ar livre.

Data: 05/01/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial