17h50 - quinta, 26/01/2017

Políticas com sentido


Carlos Pinto
Num mundo muito versátil, onde se multiplicam as ideias, as oportunidades e a coragem de ter iniciativas empresariais, falta muitas vezes aquele "clique" fundamental que permite, fundamentalmente aos mais jovens, concretizar os seus projectos empresariais.
É certo que ainda estamos confrontados com exigências burocráticas que muitas vezes não fazem sentido e, por outro lado, dificuldades de acesso ao crédito que são uma verdadeira barreira para fomentar o tal espírito empreendedor que todos gostamos muito de exigir e apregoar,mas que está muitas vezes "barrado" por inimagináveis dificuldades.
É neste contexto que não pode passar despercebida toda a dinâmica implementada pela Câmara de Odemira neste domínio. De facto, a raiz e a dimensão entretanto cimentadas pelo projecto "Odemira Empreende" são, nas suas várias facetas, uma acção fundamental e exemplar que manifesta com clareza aquilo que deve ser o carácter das políticas públicas: proactividade e trabalho estratégico para fomentar dinâmicas positivas! Neste caso, na área empresarial.
Dirão os mais cépticos que é possível fazer mais e melhor. Até pode ser verdade! Mas uma coisa parece muita óbvia para quem tem honestidade intelectual: Odemira definiu uma estratégia, implementou-a no terreno e está a consolidá-la em cada dia que passa, num caminho que é árduo e exigente mas que, não temos dúvidas sobre isso, já está a dar frutos e irá dar muitos mais.
Como "Roma e Pavia não se fizeram num dia"... também a concretização sólida do desenvolvimento económico é um percurso sempre inacabado, que requer visão, trabalho e profissionalismo. E isso, creio que todos concordamos, parece ser coisa que não falta naquilo que é a determinação política e técnica que está na base deste "Odemira Empreende".



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
00h00 - domingo, 20/08/2017
CM Sines conclui obras
no bairro 1º de Maio
Estão concluídas as obras da primeira fase da reabilitação do espaço público do Bairro 1º de Maio, na cidade de Sines, promovidas pela autarquia local e avaliadas em cerca de 158 mil euros.
00h00 - domingo, 20/08/2017
Aldeia do Pico vai ter
Centro Comunitário
A Aldeia do Pico, no concelho de Grândola, vai ter um novo Centro Comunitário, obra da Câmara Municipal da "vila morena" que está avaliada em cerca de 270 mil euros.
00h00 - sábado, 19/08/2017
STAL assina ACEEP
com CM Santiago do Cacém
A Câmara de Santiago do Cacém e o Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local (STAL) assinaram na passada semana a alteração ao Acordo Colectivo de Entidade Empregadora Pública (ACEEP).
00h00 - sábado, 19/08/2017
Aldeia da Comporta
vai ter nova ETAR
Já foi publicado em Diário da República o concurso público da empreitada de concepção e construção da nova Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) da Comporta, o concelho de Alcácer do Sal.
00h00 - sábado, 19/08/2017
Arte urbana para
ver em Grândola
O filantropo António Inácio da Cruz, falecido em 1955, foi homenageado pela Câmara de Grândola através de uma obra de arte urbana concebida pelo conceituado Samina.

Data: 11/08/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial