10h31 - quinta, 09/03/2017

Em nome da Igualdade


Carlos Pinto
Esta semana assinalou-se mais um Dia Internacional da Mulher, data que recorda as manifestações das mulheres por melhores condições de vida e trabalho e pelo direito ao voto e que mais tarde, em 1977, foi adoptada pelas Nações Unidas para assinalar as conquistas sociais, políticas e económicas das mulheres. Mas apesar de esta efeméride se assinalar há 40 anos, existe ainda um longo caminho por percorrer rumo à paridade sócio-económica entre homens e mulheres. Em todo o mundo, sem Portugal ser excepção.
Perante isto, é de saudar o empenho das câmaras municipais de Odemira e de Aljezur na construção de um Plano Intermunicipal para a Igualdade de Género, que deve ser realidade lá para o Verão. O projecto reúne várias entidades e irá promover, entre outras áreas, a integração da igualdade de género na administração pública local e nas políticas públicas.
"Estas preocupações são uma emergência que se funde nos princípios democráticos elementares, nos valores implícitos aos direitos humanos e no direito a uma vivência em cidadania", sintetiza a vereadora odemirense Deolinda Seno Luís [ver entrevista na página ao lado].
De facto, assim é. A desigualdade de género continua a ser um flagelo muito sentido na sociedade em Portugal e uma questão que não se resolve apenas com quotas paritárias. E uma sociedade em que o mérito das mulheres não consegue ultrapassar o conservadorismo dos homens dificilmente poderá alcançar todas as metas a que se propõe em matéria de crescimento económico, social, educacional ou cultural. Por isso esperarmos que este plano seja bem sucedido e depois replicado em todo o país.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
00h00 - domingo, 20/08/2017
CM Sines conclui obras
no bairro 1º de Maio
Estão concluídas as obras da primeira fase da reabilitação do espaço público do Bairro 1º de Maio, na cidade de Sines, promovidas pela autarquia local e avaliadas em cerca de 158 mil euros.
00h00 - domingo, 20/08/2017
Aldeia do Pico vai ter
Centro Comunitário
A Aldeia do Pico, no concelho de Grândola, vai ter um novo Centro Comunitário, obra da Câmara Municipal da "vila morena" que está avaliada em cerca de 270 mil euros.
00h00 - sábado, 19/08/2017
STAL assina ACEEP
com CM Santiago do Cacém
A Câmara de Santiago do Cacém e o Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local (STAL) assinaram na passada semana a alteração ao Acordo Colectivo de Entidade Empregadora Pública (ACEEP).
00h00 - sábado, 19/08/2017
Aldeia da Comporta
vai ter nova ETAR
Já foi publicado em Diário da República o concurso público da empreitada de concepção e construção da nova Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) da Comporta, o concelho de Alcácer do Sal.
00h00 - sábado, 19/08/2017
Arte urbana para
ver em Grândola
O filantropo António Inácio da Cruz, falecido em 1955, foi homenageado pela Câmara de Grândola através de uma obra de arte urbana concebida pelo conceituado Samina.

Data: 11/08/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial