12h29 - quinta, 23/03/2017

Há vida no interior


Carlos Pinto
Há muito que se fala da necessidade de dinamizar o nosso interior. De combater as assimetrias face ao litoral. De lutar contra os despovoamento e contra a desertificação. De pugnar para que Portugal não seja um país literalmente "entornado" para o mar, com muitos a fazer pela vida na cada vez mais exígua faixa litoral e poucos a (sobre)viver na vastidão do interior. Uma batalha gigantesca que não coloca apenas de um lado da barricada as áreas metropolitanas de Lisboa ou Porto e do outro lado o resto do país. Esta é também uma batalha a travar em cada um dos territórios que dão corpo a Portugal, seja no plano regional ou concelhio.
É por tudo isto que é de louvar o esforço que há muito tem vindo a ser empreendido pela Câmara Municipal de Odemira no sentido de garantir as mesmas oportunidades de desenvolvimento ao interior do maior concelho de Portugal. Com uma costa tão rica e cheia de potencialidades, seria bem mais fácil apostar todas as "fichas" no litoral. Mas em Odemira isso não sucede. Felizmente!
Os exemplos são mais que muitos: desde logo o programa "Odemira Empreende", que apoia iniciativas empresariais em todo o território e tem permitido o nascimento de novos negócios fora dos principais aglomerados do concelho. Depois, com a anunciada criação de novas zonas de fixação empresarial em freguesias rurais como Colos ou Sabóia. E, mais recentemente, com a valorização territorial, seja através da candidatura de localidades como São Martinho das Amoreiras, Santa Clara-a-Velha ou Vale de Santiago às "Maravilhas de Portugal – Aldeias", seja pela dinamização da estratégia DNA – Desporto Natureza Aventura, que pretende impulsionar o turismo em redor dessa mais-valia única que é a barragem de Santa Clara.
Tudo isto é demonstrativo de um claro empenho da autarquia na construção de um concelho mais homogéneo e equilibrado, com oportunidades para todos e sem a valorização do litoral em detrimento do interior. Uma atitude que merece ser aplaudida… pois no interior também há vida!



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quinta, 18/01/2018
DECO dá apoio
jurídico em Odemira
A DECO/ Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor inicia nesta quinta-feira, 18, as sessões gratuitas de atendimento ao consumidor na vila de Odemira em 2018, que decorrerão sempre na terceira quinta-feira de cada mês.
07h00 - quinta, 18/01/2018
CM Sines faz mais obras
no Bairro 1º de Maio
A Câmara de Sines vai avançar com a segunda fase do projecto de reabilitação do espaço público do Bairro 1º de Maio, depois do Alentejo 2020 ter dado "luz verde" à candidatura a fundos comunitários apresentada à autarquia.
07h00 - quinta, 18/01/2018
Autarca de Santiago
elogia linha Sines-Caia
O presidente da Câmara de Santiago do Cacém considera que a construção da ligação ferroviária entre Sines e Caia, na fronteira com Espanha, "é uma obra decisiva para o desenvolvimento" do Alentejo Litoral.
07h00 - quarta, 17/01/2018
Alerta para agravamento do
estado do mar no Sudoeste
A Capitania do Porto de Sines lançou um aviso para um novo agravamento do estado do mar partir da tarde desta quarta-feira, 17 de Janeiro, em que as ondas podem atingir os cinco metros de altura.
07h00 - quarta, 17/01/2018
CM Sines reabilita
parque infantil
A Câmara de Sines já concluiu os trabalhos de reabilitação do parque infantil do bairro Júdice Fialho, onde foram instalados novos equipamentos de recreio e lazer, um novo piso e máquinas de fitness ao ar livre.

Data: 05/01/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial