17h56 - quinta, 18/05/2017

Um desafio que é de todos


Carlos Pinto
A semana em Odemira arrancou com uma visita muito especial: a do primeiro-ministro. Acompanhado pelo ministro da Agricultura e alguns secretários de Estado, António Costa dedicou quase todo o dia ao maior concelho do país e passou demoradamente por duas explorações agrícolas locais que, até ao ano de 2021, irão investir, entre uma e outra, quase 30 milhões de euros. No final do dia, à partida para Lisboa, o líder do Governo era um homem satisfeito com o que tinha visto. Mas não deixou de lançar um "recado" a todos os presentes: em Odemira (como no país) é "essencial" continuar a preservar a qualidade ambiental ao mesmo tempo que se desenvolve uma agricultura sustentável, rentável e competitiva.
Ora este é, precisamente, um dos grandes desafios que todos os actores deste território a Sudoeste têm pela frente. Um caminho – diga-se de passagem – que já começou a ser percorrido há alguns anos e com resultados bem positivos, ainda mais depois da inesquecível (mas altamente negativa) experiência vivida ainda na década de 80.
Desde então muito mudou no concelho de Odemira. E as empresas agrícolas que cresceram no concelho são hoje referências nacionais (e até mundiais) na produção de hortícolas, florícolas e pequenos frutos. Isto sem ter colocado em causa aquela que é outra das grandes riquezas da região: o seu ambiente e a sua beleza natural, que atraem cada vez mais turistas em quantidade e, sobretudo, qualidade (turistas com maior poder de compra e capazes de gastar mais durante os dias que passam por cá).
É por tudo isto que os alertas do primeiro-ministro devem ser levados em linha de conta. É preciso que a pressão de acompanhar as exigências do mercado não coloque em causa os valores ambientais do concelho. Assim como é indispensável que a defesa da natureza não entrave o crescimento de uma agricultura que cria riqueza e postos de trabalho. Será desta conciliação que sairá uma economia local mais saudável e próspera.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - segunda, 25/06/2018
Dívidas à CM Sines
cobradas pela AT
A cobrança de dívidas à Câmara Municipal de Sines vai passar a ser feita pela Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), na sequência de um protocolo de cooperação assinado entre ambas as partes.
00h00 - segunda, 25/06/2018
Comboios vão voltar a
parar em Amoreiras-Gare
Cinco de Agosto: é esta a data definida pela empresa Comboios de Portugal (CP) para o início das paragens do Intercidades na estação Amoreiras-Odemira, em Amoreiras-Gare.
00h00 - segunda, 25/06/2018
FACECO está
de volta em Julho
Falta pouco menos de um mês para mais uma edição da FACECO–Feira das Actividades Culturais e Económicas do Concelho de Odemira.
00h00 - domingo, 24/06/2018
Assembleia Regional
do PCP em Santiago
O Auditório Municipal António Chaínho, em Santiago do Cacém, recebe neste domingo, 24 de Junho, a V Assembleia da Organização Regional do Litoral Alentejano do PCP.
00h00 - domingo, 24/06/2018
Feira de Agosto em
Grândola revela cartaz
Diogo Piçarra, Áurea, Virgul e Amor Electro são os "cabeças-de-cartaz" nos concertos da feira de Agosto de Grândola, que vai decorrer no final do próximo mês de Agosto na "vila morena".

Data: 22/06/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial