11h35 - quinta, 13/07/2017

Uma feira que deve orgulhar


Carlos Pinto
Está à porta mais uma edição da FACECO – Feira das Actividades Culturais e Económicas do Concelho de Odemira, a grande "montra" daquele que é o maior concelho de Portugal. Serão três dias intensos, de muitos encontros e negócios. Três dias onde não faltará animação e discussão. Mas serão, sobretudo, três dias que espelharão a vivacidade deste território, pleno de oportunidades e projectos de grande qualidade nas áreas agrícola, turística, social e cultural.
Por tudo isto, a FACECO é uma feira que deve orgulhar os odemirenses e toda a região. Porque ela consegue ser aquilo que desejamos para o Alentejo Litoral (e para o país): ser moderna e dinâmica, atractiva e mobilizadora de vontades, empreendedora e criativa. Porque ela é também capaz de conciliar a inovação dos tempos com tradição dos homens e das mulheres destas terras. E porque ela não se fica pelo mais fácil e mais óbvio, sendo capaz de questionar e lançar sementes para o futuro.
A FACECO é, em síntese, uma feira com "F" grande. Um momento de afirmação do que somos e do que queremos ser. Um palco privilegiado para sentir o pulsar da região e perceber os caminhos a seguir no futuro. E o local ideal para mostrar a todo o país que no concelho de Odemira há muita mais vida para além dos trabalhos nas estufas e das actividades em redor do turismo e da natureza.

Parabéns Santa Clara
Santa Clara-a-Velha conseguiu um lugar na final da iniciativa "Maravilhas de Portugal – Aldeias", onde vai "lutar" pelo prémio de melhor "Aldeia Ribeirinha" com Dornes, no concelho de Ferreira do Zêzere (junto ao rio Tejo).
À primeira vista pode pensar-se que tal distinção não é mais que show off para ver na TV, mas o alcance desta competiução vai muito mais além disso. E depois daquilo que viram na televisão no passado dia 9 de Julho (a par da escolha da aldeia como finalista) certamente que serão muitos os portugueses que quererão conhecer "ao vivo e a cores" Santa Clara-a-Velha e a barragem que lhe é vizinha. E isso, para todos os efeitos, já é uma grande conquista. Por isso, parabéns a Santa Clara e às suas gentes!



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
00h00 - domingo, 18/02/2018
Três equipas de Odemira
na Taça do Distrito de Beja
Três equipas do concelho de Odemira vão tentar na tarde deste domingo, 18 de Fevereiro, garantir a passagem aos quartos-de-final da Taça da Distrito de Beja de 2017-2018.
00h00 - domingo, 18/02/2018
Acção de limpeza no
cais da Carrasqueira
O cais palafítico da Carrasqueira e porto do Possanco, ambos no concelho de Alcácer do Sal, recebem neste domingo, 18, a acção de limpeza e sensibilização ambiental "Mariscar SEM Lixo".
00h00 - sábado, 17/02/2018
Distrital de Clubes de
atletismo em Odemira
A pista de atletismo do Complexo Desportivo Dr.
00h00 - sábado, 17/02/2018
"Arregaçar as mangas"
em V. N. Santo André
A Junta de Freguesia de Vila Nova de Santo André (Santiago do Cacém) promove neste sábado, 17 de Fevereiro, a segunda acção da iniciativa "Arregaçar as mangas por Santo André".
00h00 - sábado, 17/02/2018
Festival das Sopas
em Santiago do Cacém
O Pavilhão de Feiras e Exposições de Santiago do Cacém recebe no final da tarde deste sábado, 17, a sexta edição do "Festival das Sopas", iniciativa de cariz solidário onde será possível provar 40 variedades de sopa.

Data: 16/02/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial