17h09 - quinta, 15/03/2018

Investimento com sentido


Carlos Pinto
O Município de Odemira tem em marcha um projecto que visa promover o sucesso escolar no concelho e, em simultâneo, combater o abandono escolar precoce. Tudo decorre no âmbito do programa ODETE – Odemira Território Educativo e tem financiamento comunitário assegurado através do Alentejo 2020 para, até 2019-2020, alcançar metas bem concretas: reduzir a taxa de abandono escolar precoce de 31,9% para 10% e diminuir a taxa de analfabetismo de 15,66% para 7%, assim como aumentar o número de licenciados no concelho e diminuir as retenções no segundo ciclo do ensino básico e no 10º ano de escolaridade.
Os objectivos são ambiciosos e necessitam de muito trabalho e empenho por parte de todos os envolvidos, desde os agentes educativos aos técnicos da autarquia, passando pelos encarregados de educação e, obviamente, pelos próprios alunos. Mas apesar da exigência da tarefa, esta aposta na Educação que tem vindo a ser feita em Odemira faz todo o sentido.
Num tempo em que as desigualdades entre o litoral e o interior estão no centro do debate político, não nos podemos ficar apenas pelas reivindicações por melhores serviços públicos, por mais cuidados de saúde ou por novas acessibilidades, sejam elas rodoviárias ou ferroviárias. É certo que tudo isso é indispensável para almejar o futuro desejado, mas é na Educação que reside o grande desafio e, em simultâneo, a grande oportunidade.
Com melhor Educação, seja nos resultados obtidos seja em matéria de infra-estruturas, estaremos a dotar estes territórios de melhores homens e mulheres. Com melhor Educação seremos capazes de dotar as nossas vilas e aldeias de gente com ideias inovadoras e capacidade de empreender. Com melhor Educação abriremos novos horizontes e teremos mais massa crítica. E com melhor Educação viver no interior deixará de ser uma fatalidade.

Desporto de parabéns!
Ao longo das últimas semanas têm sido vários os campeões a "passar" pelas páginas do "SW". Nesta edição é a vez de Pedro Poeira (campeão nacional de atletismo em veteranos) e a equipa de futsal feminino do Odemirense (que voltou a fazer a "dobradinha" e vai ao nacional), que são o exemplo de como também há "cepa de campeão" por estas paragens. A todos eles os nossos parabéns!



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quarta, 21/11/2018
PSA Sines investe em novos
equipamentos no Terminal XXI
A empresa PSA Sines, concessionária do Terminal XXI, investiu na aquisição de novos equipamentos de movimentação de cargas para melhoria das condições operacionais do terminal de contentores do Porto de Sines.
07h00 - quarta, 21/11/2018
Grândola requalifica
campos de futebol
A Câmara de Grândola iniciou esta semana a empreitada de reabilitação dos dois campos de futebol existentes no Parque Desportivo Municipal, num investimento avaliado em cerca de 290 mil euros.
07h00 - quarta, 21/11/2018
"Milfontes não tem
condições para subir"
Apesar de ter sido segundo classificado em 2015-2016 e em 2017-2018, o Praia não é candidato ao título distrital nesta temporada, garante o treinador da equipa de Vila Nova de Milfontes, Fernando Candeias, em entrevista ao "SW".
07h00 - terça, 20/11/2018
Grupo Selina quer
abrir hotel em Milfontes
O grupo hoteleiro Selina pretende instalar-se no Alentejo Litoral, com a abertura de uma unidade de alojamento em Vila Nova de Milfontes, projecto já confirmado pela presidente da marca em Portugal.
07h00 - terça, 20/11/2018
Federação de Canoagem
divulga ranking nacional
O Clube Náutico do Litoral Alentejano (CNLA), de Vila Nova de Milfontes, garantiu a 10ª posição no Ranking Nacional de Clubes/ Troféu Jogos Santa Casa, divulgado recentemente pela Federação Portuguesa de Canoagem (FPC).

Data: 16/11/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial