09h54 - quinta, 19/07/2018

Orgulho dos odemirenses


Carlos Pinto
Neste fim-de-semana, 20 a 22 de Julho, todos os caminhos vão dar a São Teotónio. É nesta localidade que decorre mais uma edição da FACECO – Feira das Actividades Culturais e Económicas do Concelho de Odemira, certame que junta milhares de visitantes e que permite uma visualização daquilo que são todas as potencialidades do maior concelho do país em várias vertentes: da agro-indústria à pecuária, passando pelo turismo, pelo artesanato, pela gastronomia e por outros sectores de actividade.
Ano após ano, a FACECO tem conseguido afirmar-se no panorama regional (e até nacional) como a grande "montra" de Odemira. São três dias intensos e frenéticos, numa feira que concilia tradição com modernidade e permite a todos (expositores e visitantes) a abertura de novas "fronteiras". Além do mais, há muito que a FACECO é mais que uma "simples" feira: é também local de partilha de saberes, de experiências e de contactos, o que provoca bastantes efeitos positivos no concelho ao longo de todo o ano.
É por tudo isto que estão de parabéns aqueles que, ainda na década de 80 do século passado, tiveram a ideia de avançar com uma feira desta natureza no concelho de Odemira. Também aqueles que, ano após ano, ajudaram o certame a crescer. E, claro, todos aqueles que continuam a dinamizar a FACECO (com a Câmara Municipal de Odemira à cabeça), fazendo deste um evento único e o orgulho de todos os odemirenses.

Parabéns ao FMM
De parabéns está também a Câmara de Sines, que há 20 anos organiza o Festival Músicas do Mundo (FMM). A edição de 2018 já começou [ver página 22] e conta com um total de 59 concertos de artistas de 38 países das mais variadas latitudes. Uma aposta diferenciadora, que faz da multiculturalidade uma festa e que ajuda a quebrar barreiras, algo cada vez mais necessário nos tempos que actualmente vivemos.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quarta, 12/12/2018
Bombeiros de Odemira e Milfontes
garantem resposta às populações
Apesar do conflito existente entre os bombeiros e o Governo, as corporações de bombeiros do distrito de Beja, entre as quais a de Odemira e a de Vila Nova de Milfontes, garantem que vão manter "os mesmos níveis de prontidão e eficiência" para apoiar as populações.
07h00 - quarta, 12/12/2018
AM Grândola quer reunir
com ministra da Saúde
A Assembleia Municipal de Grândola solicitou, "com carácter de urgência", reuniões à ministra da Saúde e ao conselho de administração da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA) para debater as "deficientes condições de funcionamento do serviço público de saúde no concelho" e do Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém.
07h00 - quarta, 12/12/2018
Cripta de Alcácer
com mais visitantes
A Cripta Arqueológica do castelo de Alcácer do Sal foi visitada por 8496 turistas entre Janeiro e Novembro de 2018, número que ultrapassa valores referentes a períodos homólogos anteriores desde a inauguração do espaço, em 2008.
07h00 - terça, 11/12/2018
Programa "365 Alentejo"
com candidaturas abertas
A Turismo do Alentejo, em parceria com a Agência Regional de Promoção Turística e o Turismo de Portugal, tem abertas até final do ano as candidaturas para a segunda edição do programa "365 Alentejo-Ribatejo", que visa a construção e promoção de um calendário anual de eventos "consistente e coerente".
07h00 - terça, 11/12/2018
CDS quer ambulância
SIV em Alcácer do Sal
O grupo parlamentar do CDS defende a colocação de uma ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) no concelho de Alcácer do Sal, por forma a melhorar a capacidade de resposta à população.

Data: 30/11/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial