16h46 - quinta, 11/04/2019

A liberdade de poder escolher


Carlos Pinto
Salgueiro Maia e os militares de Abril devolveram a Liberdade a Portugal em 1974. Depois de quase cinco décadas de opressão e muita miséria, a Revolução dos Cravos permitiu aos portugueses poderem vislumbrar novos horizontes de desenvolvimento económico e social. Investiu-se na Educação, na Saúde, na coesão social e territorial. Esbateram-se diferenças e quebraram-se muitas das barreiras que estratificavam a nossa sociedade. Passados 45 anos, é inegável que Portugal é hoje um país melhor… em todos os sentidos e para todos.
Mas a grande conquista de Abril é, sem dúvida alguma, a Democracia e o direito de escolher e votar. O poder do voto é hoje inegável, inestimável e inalienável. Não há nada que possa substituir o voto e é nele que reside a substância do nosso regime. É o seu bem mais precioso. E por mais casos e questiúnculas que, por vezes, possam levar a tomar a árvore pela floresta, nunca a liberdade de escolher deve ser colocada em causa ou sequer desprezada. Só assim teremos uma sociedade livre de populismos e outras tentações. Só assim poderemos preservar a liberdade que tanto custou a conquistar.
Passados 45 anos, o voto continua a ser a melhor "arma" para derrubar muros e construir novas pontes. Mas também a melhor via para fazermos ouvir a nossa voz e sermos cidadãos de pleno direito. É por tudo isto que o voto é mais que um direito quando chegam os dias de eleições: é um dever em todos os momentos da nossa vida.
É esta liberdade de escolher que o Município de Odemira volta a colocar nas mãos de todos os seus munícipes com mais uma edição do "Orçamento Participativo". Mais que uma simples iniciativa autárquica, este é um projecto de pura cidadania, onde cada um pode expressar a sua opinião sobre o(s) caminho(s) a percorrer no que diz respeito ao desenvolvimento das suas terras. Com projectos e com ideias. E votando. Afinal, Abril fez-se para isso!



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - terça, 25/06/2019
Speed Talent:
um projecto para
jovens empreendedores
O projecto Speed Talent-Acelerador de Talentos já arrancou por todo o Alentejo e também na região do Ribatejo.
07h00 - terça, 25/06/2019
Governo defende importância
dos portinhos de pesca
O secretário de Estado das Pescas defende a importância dos portinhos de pesca artesanal num momento em que se fala tanto da "economia do mar" e de grandes projectos ligados ao sector.
07h00 - terça, 25/06/2019
Bloquistas do
Alentejo Litoral
reuniram em Santiago
A agricultura intensiva, o transporte ferroviário e os direitos laborais foram algumas das questões em debate no primeiro Encontro do Alentejo Litoral do Bloco de Esquerda (BE), que se realizou no passado sábado, 22, em Santiago do Cacém.
07h00 - segunda, 24/06/2019
"Transporte a Pedido"
no concelho de Odemira
Melhorar as condições de mobilidade no concelho de Odemira, sobretudo nas freguesias do interior, é a grande meta do "Transporte a Pedido", projecto que a Câmara de Odemira conta lançar no segundo semestre deste ano.
07h00 - segunda, 24/06/2019
Acordo ambiental para
a lagoa de Melides
Um total de 14 entidades públicas e privadas subscreveram na passada semana o Acordo Ambiental para a Zona Húmida da Lagoa de Melides (Grândola), desenvolvido no âmbito do projecto europeu "WetNet".

Data: 21/06/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial