10h37 - quinta, 31/10/2019

Investimento no futuro!


Carlos Pinto
A Câmara Municipal de Odemira anunciou nos últimos dias que vai investir, ao longo do ano lectivo de 2019-2020, cerca de 2,5 milhões de euros no sector da Educação, seja em matéria de transportes escolares, seja em projectos de promoção do sucesso escolar e de combate ao absentismo, seja na área da acção social, entre outras. E a isto a autarquia junta mais 3,2 milhões de euros, investidos na construção de um novo centro escolar em São Teotónio e na requalificação do Centro Escolar de São Luís [ver notícia ao lado].
Contas feitas, são quase seis milhões de euros que o Município despende numa área onde, cada vez mais, as autarquias estão a tomar a dianteira e a assumir responsabilidades até ora do Estado Central. Acontece isto em Odemira, como nos restantes concelhos do Alentejo Litoral, onde, em menor ou maior escala, as câmaras municipais estão a assumir a Educação como uma prioridade essencial.
A nosso ver, este é o posicionamento correcto e um verdadeiro investimento no futuro. É dotando as escolas de melhores condições físicas e proporcionando às famílias cada vez mais apoios – sociais e não só – que se consegue concretizar aquela que deve ser a ambição primordial dos territórios do interior: segurar a população mais jovem e, se possível, aumentá-la. Até porque os recentes dados do Eurostat (que estimam que Portugal seja o país mais envelhecido da União Europeia dentro de pouco mais de 30 anos) devem ser encarados com seriedade e pragmatismo, agindo-se agora para evitar males maiores no curto e médio-prazo.
Mas este não pode ser um trabalho exclusivo dos municípios. O Estado Central tem nesta matéria (como em muitas outras) uma palavra – e uma acção – decisiva(s). E no caso concreto da Educação, esta não pode continuar a ser avaliada à luz de critérios meramente estatísticos, mas sim com um real conhecimento do que se passa em cada um dos territórios e com a aplicação de uma verdadeira estratégia para o sector.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - sexta, 10/07/2020
Diocese de Beja
comemora 250 anos
A 10 de Julho de 1770 foi restaurada, pelo Papa Clemente XIV, a Diocese de Beja, data assinalada 250 anos depois neste fim-de-semana, 10 a 12, com diversas iniciativas de cariz religioso.
07h00 - sexta, 10/07/2020
Porto de Sines assinala
11 anos de Janela Única
Cerca de dois mil utilizadores integrados e 80 milhões de transacções digitais referentes a mais de 22 mil escalas: são estes os números da Janela Única Portuária (JUP), introduzida no Porto de Sines há uma década.
07h00 - sexta, 10/07/2020
Autarca de Alcácer
reivindica obras
no IC1 e EN 253
O presidente da Câmara de Alcácer do Sal exige a reparação do troço do IC1 entre Palma e Alcácer do Sal, assim como o alargamento de bermas na EN 253 entre a Comporta e Alcácer do Sal "pela sua perigosidade".
07h00 - sexta, 10/07/2020
1ª Divisão de Beja terá
novo modelo em 21-22
A partir da temporada de 2021-2022 o campeonato distrital da 1ª divisão da Associação de Futebol de Beja (AFBeja) contará com a participação de apenas 12 equipas e será disputado em duas fases.
07h00 - quinta, 09/07/2020
Sines: Cabo submarino é projecto
de "Relevante Interesse Municipal"
A Câmara e a Assembleia Municipal de Sines atribuíram ao cabo submarino do consórcio EllaLink, que fará a primeira ligação directa em fibra óptica entre o Brasil e a Europa, a declaração de "Projecto de Relevante Interesse Municipal".

Data: 03/07/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial