13h01 - quinta, 15/10/2020

Estaremos de regresso a Março?


Carlos Pinto
Os últimos dias têm sido marcados pelo crescimento alarmante dos números da Covid-19 em todo o mundo, confirmando o que muitos peritos desde cedo alertaram: haveria uma segunda vaga da pandemia no início do Outono! Em Portugal esta previsão confirmou-se, com a quantidade de casos diários registados na última semana a igualar (e até a superar) aqueles que foram identificados nos meses de Março e Abril, aqueles em que o país foi obrigado ao confinamento.
Posto isto, o Governo decidiu colocar o país em Estado de Calamidade, apertando muito as regras e restrições a que todos estamos impostos. Mas só isto será insuficiente se todos nós, enquanto cidadãos e membros de uma comunidade, não interiorizarmos que a prevenção e a diminuição do número de casos depende em grande medida das nossas acções e opções no dia-a-dia.
É nesse sentido indispensável que todos cumpramos escrupulosamente com as regras de higienização e distanciamento social. Que evitemos os ajuntamentos na via pública. Que utilizemos máscara sempre que nos desloquemos por uma via pública onde haja mais cidadãos em circulação. Acima de tudo, que não facilitemos nem baixemos a guarda, para evitar um crescimento avassalador do número de casos e, sobretudo, do número de doentes internados com Covid-19.
Caso contrário, poderemos estar de regresso àquelas semanas intermináveis de confinamento que vivemos entre Março e Maio… E nesse caso, os problemas que se seguirão serão muito mais graves. Porque não haverá nem economia nem Estado social que aguente tamanha crise!

2. António Ceia da Silva foi eleito presidente da CCDR do Alentejo, sucedendo no cargo a Roberto Grilo, seu adversário nas eleições de 13 de Outubro [ver página 10]. Seguem-se cinco anos de mandato e um gigantesco desafio: concretizar todas as ambições (algumas há muito adiadas) do Alentejo. Que seja bem sucedido!



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - quinta, 28/01/2021
Caravelas-portuguesas avistadas
em praias de Odemira e de Sines
A Capitania do Porto de Sines alertou a população esta terça-feira, 26, para a presença de caravelas-portuguesas "no espelho de água e nas praias dos concelhos de Sines e de Odemira, incluindo no rio Mira".
07h00 - quinta, 28/01/2021
Cinco ADR do
Litoral Alentejano com
horário mais alargado
Os ADR Comunidade (áreas dedicadas para doentes para atendimento a utentes com sintomatologia de Covid-19) dos cinco centros de saúde do Litoral Alentejano passaram a ter um horário "mais alargado", dada a "actual situação pandémica" na região.
07h00 - quinta, 28/01/2021
Covid-19: Surto
com 38 infectados
no lar de Alvalade
Um surto de Covid-19 com 38 infectados, 10 dos quais funcionários e 28 utentes, foi identificado pelas autoridades de saúde no lar da Casa do Povo de Alvalade, informa a Câmara de Santiago do Cacém.
07h00 - terça, 26/01/2021
Câmara de Sines
entrega refeições a
alunos do concelho
A Câmara de Sines alargou o fornecimento de refeições escolares no concelho a todos os níveis de ensino, sendo que estas serão entregues em casa dos alunos, por forma a evitar "deslocações e a concentração de pessoas nas horas de levantamento das refeições".
07h00 - terça, 26/01/2021
Autarca de Alcácer quer
bombeiros e funcionários
da Câmara vacinados
O presidente da Câmara de Alcácer do Sal defende que os bombeiros voluntários e os funcionários da autarquia sejam colocados nos grupos prioritários no processo de vacinação contra a Covid-19.

Data: 15/01/2021
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial