14h54 - quinta, 30/09/2021

Um novo ciclo autárquico


Carlos Pinto
A noite eleitoral do passado domingo, 26 de setembro, não trouxe grandes surpresas ao Alentejo Litoral. Salvo a novidade de um novo presidente de câmara em Odemira, o que já era um dado adquirido em função da lei que prevê a limitação de mandatos, não se registaram grandes mudanças nos diversos órgãos autárquicos dos cinco concelhos do Alentejo Litoral. Como sempre, o povo decidiu, está decidido. E quando o povo vai às urnas decide sempre bem, por mais que isso possa custar a alguns.
Ainda que sejam poucas as novidades ao nível dos principais protagonistas políticos locais, abre-se agora um novo ciclo autárquico na região. Um mandato que se estende até 2025 e que compreende enormes desafios que serão fundamentais para construir o território que todos almejamos: mais coeso e solidário, mais povoado, com melhores serviços e infraestruturas, capaz de gerar mais riqueza e de proporcionar (ainda) melhor qualidade de vida às suas populações.
Nos próximos quatro anos é preciso dar respostas a questões como a habitação, as alterações climáticas (associadas à salvaguarda desse bem precioso que é a água), o combate ao despovoamento e ao envelhecimento ou a transição digital. Isto sem esquecer o trabalho que é necessário continuar a fazer em áreas já "clássicas", nomeadamente nas infraestruturas de água e saneamento, nas escolas, nas acessibilidades rodoviárias ou na saúde.
Por tudo, o trabalho que o novo presidente da Câmara de Odemira e os reeleitos autarcas de Sines, Santiago do Cacém, Grândola e Alcácer do Sal têm em mãos é gigantesco e, simultaneamente, desafiante e aliciante. O seu sucesso será o sucesso de uma região que tem em si todas as potencialidades para ser um território único no panorama nacional. A hora é de arregaçar as mangas e trabalhar.



COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - sexta, 05/08/2022
Programa regional
Alentejo 2021-2027
em consulta pública
A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Alentejo tem a decorrer, até final de agosto, a consulta pública do programa, e respetiva Avaliação Ambiental Estratégica, para o período de programação de 2021 a 2027.
07h00 - sexta, 05/08/2022
Artista ucraniana
com exposição na
Biblioteca de Odemira
A Biblioteca Municipal José Saramago, em Odemira, tem patente, até dia 26 de agosto, a exposição de pintura "Energias Cintilantes Entre Nós", da artista ucraniana Anna Ovcharova.
07h00 - sexta, 05/08/2022
Concelho de Grândola vai
ter menos camas turísticas
Oito promotores de empreendimentos turísticos em áreas da faixa costeira de Grândola comprometeram-se a reduzir o número de camas turísticas dos projetos e a defender os recursos hídricos locais.
07h00 - quinta, 04/08/2022
Projeto "Humiverso"
quer transformar
resíduos em fertilizantes
Criar estações de transformação de resíduos orgânicos em corretivos orgânicos, acompanhado de consultoria, é o grande objetivo do projeto "Humiverso", premiado como melhor "Ideia Empreendedora e Criativa" no âmbito da edição deste ano dos prémios "Espírito Empreendedor".
07h00 - quinta, 04/08/2022
"Odemira é uma referência
para a raça Limousine"
Em entrevista ao "SW, presidente da Associação Portuguesa de Criadores de Bovinos da Raça Limousine, Joaquim Carvalho, faz retrato do setor e reconhece que FACECO-Feira das Atividades Culturais e Económicas de Odemira é sempre um momento importante para a raça.

Data: 29/07/2022
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial