17h00 - quinta, 16/06/2022

Um projeto que é (muito, muito) urgente!


Carlos Pinto
Na sua mais recente passagem pela região do Alentejo, a ministra da Agricultura e da Alimentação anunciou que o Governo está a trabalhar na preparação de um concurso público para a requalificação e modernização do Aproveitamento Hidroagrícola do Mira, pretendendo avançar ainda neste ano com o mesmo [ver texto na página ao lado].
Segundo diz Maria do Céu Antunes, esta é uma empreitada – ainda sem custo estimado – que visa "melhorar o sistema que existe atualmente", que é "antigo" e "tem perdas" de água "que se situam entre os 30 e os 40%". Ou seja, é um "investimento que tem de ser feito para melhorar" a eficiência deste perímetro de rega, acrescenta.
Ora esta é, sem dúvida, uma boa notícia para toda a região do Alentejo Litoral, sobretudo para o concelho de Odemira (e para o município vizinho de Aljezur, já no Algarve). Isto porque, como se sabe, o Aproveitamento Hidroagrícola do Mira tem como origem a albufeira de Santa Clara, tendo sido inaugurado há mais de 50 anos.
Desde então muita coisa mudou, desde a tecnologia utilizada na agricultura de regadio à realidade da região e deste território em concreto, que enfrenta graves problemas relacionados com as alterações climáticas e ausência de precipitação. Exemplo disso mesmo é o facto de a barragem de Santa Clara contar agora com pouco mais de 188 milhões de metros cúbicos de água, isto é, apenas 39% da sua capacidade máxima de armazenamento.
O investimento agora anunciado pela ministra da Agricultura constitui-se assim como fundamental (e muito, muito urgente) para garantir o futuro e a sustentabilidade deste perímetro, permitindo que haja uma maior eficiência no fornecimento de água e, em simultâneo, evitando que se "perca" no mar uma grande parte do volume que é retirado da albufeira de Santa Clara através dos canais de irrigação.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - terça, 29/11/2022
Câmara de Alcácer
aprova orçamento
de 38,8ME para 2023
A Câmara de Alcácer do Sal aprovou um orçamento de 38,8 milhões de euros para 2023, mais 6,9 milhões de euros do que o deste ano e onde mantém a aposta na melhoria da qualidade de vida da população.
07h00 - terça, 29/11/2022
Ensino superior já é
realidade em Odemira
"Um passo muito sério para a vida" dos "alunos e para o concelho de Odemira" – é desta forma que o presidente da Câmara de Odemira, Hélder Guerreiro, classifica a chegada do ensino superior ao município do Litoral Alentejano.
07h00 - terça, 29/11/2022
GNR vai ter
novo quartel
em Grândola
A GNR de Grândola vai ter um novo quartel, depois da Câmara Municipal ter aprovado, na passada semana, um protocolo de colaboração com o Ministério da Administração Interna visando a construção do novo equipamento em terrenos municipais.
07h00 - segunda, 28/11/2022
Câmara de Odemira atribui
178 mil euros aos clubes desportivos
A Câmara de Odemira vai atribuir um total de 178.
07h00 - segunda, 28/11/2022
Águas de Santo
André distinguida
pela ERSAR
A empresa Águas de Santo André (AdSA) foi distinguida, na passada semana, pela Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos (ERSAR) com o "Selo de qualidade exemplar de água para consumo humano".

Data: 25/11/2022
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial