00h00 - sexta, 09/02/2018

Centro de Arqueologia
Náutica em Alcácer

Centro de Arqueologia Náutica em Alcácer

Explorar o património cultural sub-aquático do rio Sado é o grande objectivo do futuro Centro de Arqueologia Náutica do Alentejo Litoral (CANAL), que ficará instalado em Alcácer do Sal.
Na quarta-feira, 7, foi assinado o contrato de comodato da futura sede do CANAL entre a autarquia e a Universidade Nova de Lisboa, entidades parceiras de um projecto que visa investigar o "património cultural subaquático jazente nas águas do rio Sado, entre a cidade de Alcácer e a feitoria fenícia do Abul, património esse que se suspeita ser abundante e de enorme valor científico".
O autarca Vítor Proença espera que o projecto possa trazer a Alcácer de Sal "especialistas que trabalham em várias partes do mundo".
Recorde-se que o projecto do CANAL nasceu em Setembro de 2015, propondo-se a, entre outras metas, "localizar, identificar e caracterizar naufrágios ou outras estruturas submersas na zona", "determinar a natureza histórico-arqueológica da paisagem cultural marítimo-fluvial da região" e "desenvolver o potencial turístico-arqueológico do território".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sábado, 20/10/2018
Sociedade S. Teotoniense
apresenta nova peça
O Grupo de Teatro Sénior da Sociedade Recreativa São Teotoniense, de São Teotónio, apresenta neste sábado, 20 de Outubro, a peça "A galinha, a burra e a flor".
07h00 - sábado, 20/10/2018
Bombeiros de Odemira
comemoram 83 anos
Os Bombeiros Voluntários de Odemira celebraram nesta semana 83 anos de actividades, data assinalada na manhã deste sábado, 20 de Outubro, com uma série de iniciativas.
07h00 - sexta, 19/10/2018
Trabalho desde 2014 na integração de migrantes
Foi em 2014 que a Câmara de Odemira começou a trabalhar a problemática da chegada de muitos migrantes ao concelho, o que acabou por resultar na implementação, um ano depois, do "Odemira Integra".
07h00 - sexta, 19/10/2018
Odemira aposta na
integração de migrantes
Os números são elucidativos: no final do último ano 18,8% da população residente no concelho de Odemira era migrante legalizada, num total de 4912 habitantes de 68 nacionalidades (na maioria da Ásia), o que constitui 57,8% dos migrantes registados em todo o distrito de Beja.
07h00 - sexta, 19/10/2018
Mais três sessões de apresentação do livro
Depois de ter sido apresentado na Biblioteca Municipal José Saramago, em Odemira, no passado dia 12 de Outubro, a ADMIRA promove até final do mês mais três sessões de divulgação do livro Mundos no País da Maravilha.

Data: 19/10/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial