12h51 - segunda, 29/10/2018

GALP e ENI desistem de prospecção
de petróleo no Alentejo Litoral

GALP e ENI desistem de prospecção de petróleo no Alentejo Litoral

É oficial: o consórcio formado pelas petrolíferas GALP (Portugal) e ENI (Itália) desistiu do projecto de prospecção de petróleo ao largo do Litoral Alentejano. A garantia foi dada nesta segunda-feira, 29, pela empresa portuguesa em comunicado, referindo ser "objectivamente impossível" prosseguir com as actividades de exploração.
"A GALP e a ENI tomaram a decisão de abandonar o projecto de exploração de fronteira na bacia do Alentejo. Apesar de lamentarmos a impossibilidade de avaliar o potencial de recursos offshore do país, as condições existentes tornaram objetivamente impossível prosseguir as atividades de exploração", sublinha o mesmo comunicado.
Para o deputado do PS eleito por Beja trata-se de "uma decisão sensata, que resulta da luta de muitos para que a ameaça sobre a costa vicentina e sobre o mar alentejano fosse combatida e eliminada".
"É uma decisão em convergência com o desenvolvimento sustentável que queremos, com uma economia assente cada vez mais em energias limpas e na valorização das marcas da nossa identidade, onde inscrevemos o território da costa alentejana", nota Pedro do Carmo em comunicado, lembrandi que sempre se assumiu "contra a possibilidade da prospecção de petróleo e de gás na costa alentejana", por várias vezes "em divergência com as opções governativas e partidárias".
"Sublinho que esta opção por um futuro diferente, mais assente nas renováveis do que nos retrocessos dos combustíveis fósseis, implicará sempre muita vigilância e determinação na afirmação das nossas convicções. Afinal, bater-nos pelo melhor para a nossa terra nunca foi fácil. Mas é sempre esse o caminho", acrescenta Pedro do Carmo.
Também o delegado distrital da Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE) se congratula com a notícia, considerando que "esta foi uma decisão sensata por parte dos investidores" e que "traz uma grande satisfação e alegria".
"Estivemos ao lado dos autarcas e das populações, assumindo uma luta contra este projecto, pelo que acreditamos que esta decisão foi uma enorme vitória para todos os que lutaram por esta causa", reforça Vítor Besugo.
Recorde-se que a concessão que GALP e ENI tinham para a prospecção de petróleo a cerca de 50 quilómetros da costa do Alentejo Litoral terminava no final de Janeiro de 2019. O consórcio contava avançar com o projecto entre os meses de Setembro e Outubro de 2018, mas o facto de o Tribunal Administrativo e Fiscal de Loulé ter deferido, em Agosto, uma providência cautelar interposta pela Plataforma Algarve Livre de Petróleo, suspendendo a licença, acabou por impedir qualquer trabalho.
O projecto, que cai agora por terra, foi sempre bastante contestado no Alentejo Litoral, tanto por autarcas como por empresários e ambientalistas.

Notícia actualizada às 18h45 de segunda-feira, 29, com as declarações do deputado do PS eleito por Beja e do delegado distrital de Beja da ANAFRE


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - quarta, 24/04/2019
Sete vitórias em
canoagem de mar
As canoístas Micaela Silvestre e Sara Rafael, ambas do Clube Náutico do Litoral Alentejano (CNLA), e a dupla Fernando Encarnação/ Vasco Marcos, do Clube Fluvial Odemirense (CFO), estiveram em excelente plano no arranque do Campeonato Nacional de Canoagem de Mar de 2019.
07h00 - quarta, 24/04/2019
Dias de festa em Odemira
para celebrar a Liberdade
Foi há (quase) 45 anos que a Liberdade chegou a Portugal, numa revolução que se fez sem tiros, apenas com cravos, heroísmo e poesia.
07h00 - segunda, 22/04/2019
Estradas de Odemira
preocupam Bloco
O grupo parlamentar do Bloco de Esquerda (BE) propôs na Assembleia da República uma recomendação ao Governo para que avance, "com urgência", com a reparação das estradas regionais (ER) 123 e 266 e do viaduto de Luzianes-Gare, no concelho de Odemira.
07h00 - segunda, 22/04/2019
Alcôncoras na segunda
fase das "7 Maravilhas"
As alcôncoras de Amoreiras-Gare (concelho de Odemira) integram a lista de 420 doces de todo o país apuradas para a segunda fase do concurso "7 Maravilhas Doces de Portugal".
07h00 - sábado, 20/04/2019
Boavista dos Pinheiros
inaugura Praça Pública
Um sonho concretizado: é assim que o presidente da Junta de Freguesia de Boavista dos Pinheiros, no concelho de Odemira, encara a criação da Praça Pública da localidade.

Data: 12/04/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial