07h00 - quarta, 07/11/2018

Saúde no Alentejo Litoral
em situação "bastante crítica"

Saúde no Alentejo Litoral em situação "bastante crítica"

A Coordenadora das Comissões de Utentes do Litoral Alentejano considera que a situação dos serviços de saúde no Litoral Alentejano "é bastante crítica" e lamenta que muitas dos investimentos previstos nesta área para o sector não avancem na presente legislatura.
Os elementos da Coordenadora reuniram esta segunda-feira, 5, com a administração da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA) e no final concluíram, em comunicado, que "a situação dos serviços de Saúde no Litoral Alentejano é bastante crítica, pois necessita para o seu regular funcionamento cerca de 260 profissionais".
A Coordenadora refere ainda que as obras a realizar nas extensões de Saúde de Palma (Alcácer do Sal), Melides (Grândola), Sabóia e Vila Nova de Milfontes (Odemira), e Vila Nova de Santo André (Santiago do Cacém) "não serão realizadas nesta legislatura" e que a extensão de Saúde de Casebres (Alcácer do Sal) "não teve cuidados médicos durante mais de mês e meio", sendo que "o seu futuro funcionamento será de forma irregular".
Já as extensões de Saúde em Relíquias e São Martinho das Amoreiras (Odemira), e Montevil (Alcácer do Sal) "irão continuar a funcionar de forma irregular", acrescenta a Coordenadora, que alerta ainda para o facto de existirem na região 55 mil utentes "sem médico de família".
A Coordenadora denuncia ainda no comunicado que os tempos de espera nas consultas e cirurgias "são enormes" nas especialidades de Cirurgia Geral, Ginecologia, Neurologia, Oftalmologia, Ortopedia, Otorrinolaringologia, Reumatologia e Urologia.
"Os piores casos de espera são nas especialidades de Oftalmologia, de cerca de 330 dias, e de Otorrinolaringologia, com mais de 600 dias", acrescenta a Coordenadora.
Como aspectos positivos, a Coordenadora destaca a contratação de um médico pediatra e o início das obras do Serviço de Urgência do Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quinta, 17/01/2019
Concelho de Odemira recebe
409.200 euros para coesão social
Os municípios do distrito de Beja vão receber mais de seis milhões de euros para dinamizarem, nos próximos três anos, novos projectos de coesão social, no sentido de mitigar problemas como o desemprego, a pobreza e o envelhecimento.
07h00 - quinta, 17/01/2019
NDC Odemira com
duas medalhas no
Nacional de Estrada
A equipa de atletismo do Núcleo Desportivo e Cultural de Odemira (NDCO) teve uma participação bastante positiva no Campeonato Nacional de Estrada/ Corrida Allianz, disputado no último sábado, 12 de Janeiro, em Oeiras, regressando a casa com duas medalhas.
19h49 - domingo, 13/01/2019
Milfontes e Odemirense
no pódio do campeonato
As equipas do Praia de Milfontes e do Odemirense alcançaram neste domingo, 13 de Janeiro, o pódio do campeonato distrital da 1ª divisão de Beja, cumprida que está a oitava jornada da competição.
07h00 - domingo, 13/01/2019
Equipas do concelho
de Odemira em acção
As três equipas do concelho de Odemira que militam no campeonato distrital da 1ª divisão de Beja vão estar em acção neste domingo, 13 de Janeiro, durante a oitva jornada da competição.
07h00 - sábado, 12/01/2019
PS debate futuro do
Alentejo na Europa
O presidente da Câmara de Odemira, José Alberto Guerreiro, vai ser um dos oradores da iniciativa "Alentejo é Europa", organizada neste sábado, 12, pelo PS e que vai trazer o secretário-geral (e primeiro-ministro) ao grande lago de Alqueva.

Data: 04/01/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial