16h45 - quinta, 10/05/2018

Haja respeito pelo Interior


Carlos Pinto
Já não é a primeira vez que escrevemos sobre o péssimo estado de algumas das estradas nacionais (EN) que cruzam o Alentejo Litoral, em particular no concelho de Odemira. Fizemo-lo sobre os troços da EN 266 entre São Martinho das Amoreiras e Santa Clara-a-Velha, sobre a EN 389 entre Colos e Santa Luzia e ainda sobre a EN 120 entre São Luís e a sede de concelho, Odemira.
Foi precisamente a esta última que voltámos nesta edição, com uma reportagem no terreno que atesta bem o acentuado estado de degradação em que se encontra uma via bastante movimentada [ver página 7]. Em declarações ao "SW" os condutores que utilizam a estrada sublinham os perigos que encontram no dia-a-dia e não escondem o descontentamento face aos prejuízos que os buracos no piso provocam nas suas viaturas.
"Tanto a população individualmente como as autarquias têm alertado a Infra-estruturas de Portugal para esta situação, mas não temos tido qualquer resposta. É o abandono total desta via por parte de quem tem a obrigação de proceder à sua reparação", acrescenta mesmo o presidente da Junta de Freguesia local, Fernando Parreira.
Ora "abandono" é, precisamente, a palavra que melhor ilustra o quadro em que se encontra este troço da EN 120 (e muitas outras estradas espalhadas pela região). E isto num tempo em que, depois das tragédias provocadas há um ano pelos incêndios na zona Centro, o país "despertou" para a necessidade de revitalizar os territórios mais afastados dos grandes centros urbanos.
Sabemos que "Roma e Pavia não se fizeram num dia", mas é inconcebível que situações como a da EN 120 (para não falar de outras) se arrastem no tempo sem resolução. Umas vezes porque falta dinheiro… Outras vezes por não existirem projectos… Quase sempre por falta de vontade e empenho por parte de empresas que gerem dinheiro do Estado, mas que poucas vezes revelam a necessária sensibilidade para a causa pública. E é isto que tem de mudar, para bem do Interior!



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quinta, 18/10/2018
Câmara de Grândola com
bons índices financeiros
A Câmara de Grândola surge em destaque em vários dos indicadores do Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses de 2017, recentemente editado pela pela Ordem dos Contabilistas Certificados.
07h00 - quinta, 18/10/2018
Bombeiros de Odemira
continuam com dificuldades
A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Odemira (BVO) celebrou na última segunda-feira, 15 de Outubro, o seu 83º aniversário num quadro que, garante o seu presidente, continua a ser de "dificuldade financeira".
07h00 - quarta, 17/10/2018
Odemira aprova projecto
"Odemira Integra +"
Já está em vigor o segundo Plano Municipal para a Integração de Migrantes (PMIM) da Câmara de Odemira, que vai decorrer até 2020 no âmbito do projecto "Odemira Integra+" e que alicerça a política local de acolhimento e integração.
07h00 - terça, 16/10/2018
Responsabilidade social
debatida em Odemira
A Câmara de Odemira promove nesta terça-feira, 16 de Outubro, o Dia da Responsabilidade Social, dinamizado no âmbito do Ser Responsável-Programa de Responsabilidade Social das Empresas do Concelho de Odemira.
07h00 - terça, 16/10/2018
OP de Odemira com 20
projectos pré-aprovados
A Câmara de Odemira já concluiu a fase de análise técnica das propostas apresentadas para o "Orçamento Participativo 2018" (OP), tendo sido aprovados provisoriamente um total de 20 projectos.

Data: 19/10/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial