14h53 - quinta, 12/03/2020

O bom exemplo de Odemira


Carlos Pinto
n A secretária de Estado para a Integração e as Migrações esteve no final da passada semana no concelho de Odemira e não poupou nos elogios ao trabalho realizado localmente, pela autarquia e por diversas instituições parceiras, em prol da integração de cidadãos migrantes.
Cláudia Pereira passou pelo Agrupamento de Escolas de São Teotónio e ainda por uma herdade agrícola, espaços onde observou in loco o "grande esforço" que tem sido feito em Odemira "por manter a harmonia social num concelho onde um quarto da população é estrangeira", como refere em entrevista ao "SW" [ver página 7]. A governante vai mais longe e diz mesmo ter ficado impressionada com muito daquilo que viu, daí Odemira ter sido convidado para ser "um 'concelho-piloto' de integração", dadas "as suas boas práticas".
Estas palavras, proferidas por uma voz externa ao concelho mas atenta àquelas que são as exigências associadas a estas matérias, atestam, de facto, que o caminho percorrido por Odemira em termos de integração de migrantes tem sido o mais adequado. Ainda assim, não tem sido um percurso fácil (bem pelo contrário), faltando dar muitos passos rumo a uma integração total de todos aqueles que chegam ao território provenientes de outras latitudes.
Sabemos que este é um trabalho complexo, moroso, por vezes sem resultados imediatos. Mas é um trabalho necessário e premente, que tem de ser compreendido, aceite e realizado por todos (entidades, empresas, cidadãos locais e estrangeiros) e não apenas por algumas das partes. Se assim for, será mais fácil alcançar os resultados desejados perante uma realidade incontornável: os migrantes vieram mesmo para ficar!

2. O surto de coronavírus tem sido o tema dos últimos dias em Portugal. O caso é grave e exige ponderação e cautela. Por isso mesmo, mais que perorar sobre o assunto, a mensagem essencial a passar é que todos tomem as devidas medidas de precaução e sigam à risca as recomendações da Direcção Geral de Saúde. Pela sua saúde e para o bem de todos.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - sexta, 27/03/2020
Sines cancela festival
"Músicas do Mundo"
A Câmara de Sines decidiu cancelar a edição de 2020 do Festival Músicas do Mundo (FMM), por entender que no contexto da pandemia de Covid-19 poderão não estar reunidas "as condições sanitárias e logísticas necessárias" para a realização do evento na data prevista.
07h00 - sexta, 27/03/2020
Misericórdia de Sines
com medidas preventivas
A Misericórdia de Sines (SCMS) já implementou um conjunto de acções minimizadoras do impacto da pandemia Covid-19, no sentido de salvaguardar "o apoio e a segurança" dos mais de 200 utentes do seu lar e dos mais de 100 idosos a quem presta apoio domiciliário diário.
07h00 - sexta, 27/03/2020
Hospital do Litoral
Alentejano sem visitas
A Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA) implementa nesta sexta-feira, 27 de Março, um novo regime de visitas aos doentes internados no Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém, em virtude da pandemia de Covid-19.
07h00 - sexta, 27/03/2020
Tranquilidade nos
lares do concelho
de Odemira
Os idosos são o principal grupo de risco face à pandemia da Covid-19, que nas últimas duas semanas virou o país do "avesso".
07h00 - sexta, 27/03/2020
Presidente da AHSA diz que
"agricultura não pode parar"
Em entrevista ao "SW", o presidente da AHSA-Associação do Horticultores, Fruticultores e Floricultores dos Concelhos de Odemira e de Aljezur reconhece que pandemia da Covid-19 que afecta actualmente Portugal (e todo o mundo) está a ter forte impacto "no planeamento produtivo" das empresas associadas.

Data: 27/03/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial