07h00 - sexta, 18/06/2021

Odemira e Aljezur contestam corte de água de Santa Clara a pequenos consumidores

Odemira e Aljezur contestam corte de água de Santa Clara a pequenos consumidores

As câmaras de Odemira e de Aljezur vieram a público contestar o corte do fornecimento de água a partir da barragem de Santa Clara aos pequenos consumidores, considerando que esta decisão coloca negócios, pequenas hortas e a criação de animais "em risco".
Em comunicado, as duas autarquias revelam que começaram a ser notificados, pela Associação de Beneficiários do Mira (ABM), que gere a água da albufeira, os consumidores "denominados precários, que tinham autorização para consumo de água, do canal do Mira".
Segundo as duas edilidades, a ABM justifica a medida com o facto de a albufeira de Santa Clara continuar "num nível crítico", o que "limita o fornecimento de água às areas beneficiadas em 3.500m3 por hectare inscrito e impossibilita o fornecimento de água para rega ou outras utilizações a título precário".
"Assim, centenas de pequenos consumidores nos concelhos de Aljezur e de Odemira, na maioria pequenos empresários, estão a ser contatados, pela ABM, para lhes cortarem o acesso à água do canal do Mira, estando negócios em risco, pequenas hortas em risco, criação de animais em risco, numa situação de profunda injustiça, para quem durante anos usufruiu deste bem essencial, pagando a respetiva fatura", sublinham as duas edilidades.
No comunicado, as câmaras de Odemira e de Aljezur frisam que "esta situação de corte ainda se torna mais injusta e injustificada, pois uma parte substancial da água captada na barragem de Santa Clara acaba por ser lançada ao mar em diversos pontos" dos dois concelhos, "nos terminais do canal do Mira".
Nesse sentido, as duas autarquias manifestam "a sua preocupação e exigem que seja revista esta posição" da ABM, "encontrando uma solução equilibrada e justa, por forma a minimizar os efeitos da necessária poupança, mas sem privar ninguém dos atuais utilizadores no acesso à água com origem em Santa Clara".


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - sexta, 30/07/2021
"Cultura Com Todos"
termina em Odemira
Dinamizar o território e apoiar os agentes culturais locais é o grande objetivo do programa "Cultura com Todos em Odemira", que a Câmara Municipal tem vindo a promover nas freguesias do concelho do Litoral Alentejano ao longo deste mês de julho.
07h00 - sexta, 30/07/2021
Milfontes em sobressalto com ruído e vandalismo
A população de Vila Nova de Milfontes, no concelho de Odemira, está indignada com o excesso de ruído, desacatos e atos de vandalismo provocados por um grupo de jovens que, todos os anos, passa férias na localidade.
07h00 - sexta, 30/07/2021
Nuno Góis candidato
da CDU à AM Odemira
Nuno Góis vai ser o candidato da CDU à Assembleia Municipal de Odemira nas próximas eleições Autárquicas, agendadas para 26 de setembro, anunciou a candidatura comunista na sua página oficial no Facebook.
07h00 - quinta, 29/07/2021
Odemira foi o concelho com
maior aumento de população
O concelho de Odemira foi o único em todo o Alentejo que aumentou a população residente na última década, segundo os dados preliminares dos Censos 2021, que foram revelados nesta quarta-feira, 28 de julho.
07h00 - quarta, 28/07/2021
Odemira reabre fundo
de apoio a agentes culturais
A Câmara de Odemira anunciou a reabertura do fundo municipal de apoio extraordinário aos agentes culturais, no valor total de 40 mil euros, no sentido de "minimizar" o impacto da pandemia na atividade dos artistas e associações do concelho.

Data: 30/07/2021
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial